Portal do Vale Tudo

WGP 58 tem título e Challenger GP inaugurais de divisão feminina na segunda vez no Chile 

por: PVT | @portaldovt
em 9 de outubro de 2019

A espera está muito perto do fim. Na próxima sexta-feira, dia 19 de outubro, o maior evento de kickboxing da América Latina desembarca em território chileno pela segunda vez em sua história para um card que tem tudo para ficar marcado na memória dos fãs da modalidade. No main event da noite, a chilena Carolina Rodrigues, conhecida como Krespita e ex-campeã mundial de boxe, enfrenta a italiana Martina Bernile, atleta de muito renome na Europa. A luta vale o cinturão inaugural da divisão peso-mosca feminino (até 52kg). O evento tem ainda um Challenger GP da mesma divisão. A brasileira Lailane Mota encara a argentina Giuliana Cosnard, enquanto a chilena Jacqueline Ayala enfrenta a brasileira Tina Black. A vencedora já se garante como primeira desafiante ao cinturão da categoria recém-inaugurada. Outro duelo que vem chamando atenção é entre o chileno Felipe Díaz e o argentino Nicolas Jara. O WGP 58 tem início a partir de 19h e conta com transmissão ao vivo do Canal Combate, Bandsports e Fox Sports a partir de 21h.

A luta principal do WGP 58 marca o início de um novo reinado no evento. Desejo antigo da organização, o cinturão peso-mosca feminino do WGP finalmente será inaugurado e a divisão conhece sua primeira rainha no próximo dia 19. E tem muita experiência em cima do ringue para essa disputa.

De um lado está a ex-campeã mundial invicta de boxe, Carolina ‘Krespita’ Rodríguez, que retorna às suas origens para disputar o título. Um dos maiores nomes chilenos da nobre arte, Krespita é nascida e criada na capital chilena. Contadora de origem, ela largou a profissão para se dedicar ao esporte. E deu certo. Campeã mundial de boxe pela IBF e WIBA, em 2013 e 2014, ela fez história ao se tornar a primeira chilena a atingir tal feito. Krespita se aposentou invicta com 16 vitórias para realizar o sonho de se tornar mãe. Agora, aos 35 anos, ela retorna ao kickboxing, modalidade na qual iniciou sua trajetória nas lutas e conquistou inúmeros títulos, como o sul-americano e pan-americano, para tentar fazer história mais uma vez.

Pela frente a chilena terá uma adversária com experiência de sobra, uma verdadeira pedreira. Ela enfrenta a italiana Martina Bernile, duas vezes campeã mundial pela WKN e WTKA, além do título de campeã europeia, também pela WKN. Aos 33 anos a lutadora é nascida e criada na cidade de Novara, no noroeste da Itália, entre as tradicionais cidades de Milão e Turim. No kickboxing, Martina tem bastante bagagem. Ela soma quase 67 lutas profissionais, com 51 vitórias, quatro empates e 12 reveses. Conhecida pela alcunha de “Little Tank”, ela soma 16 nocautes na carreira.

E as atrações não param por aí. Além da primeira campeã, a noite conhece também a próxima desafiante da categoria. No Challenger GP inaugural dois duelos internacionais. A brasileira e carioca Lailane Mota, invicta em três lutas no WGP e com títulos importantes no currículo como o pan-americano e brasileiro profissional, retorna ao evento após um ano e meio. Com 10 vitórias em 12 lutas disputadas na carreira, ela encara a argentina Giuliana Cosnard, conhecida como La Hiena. Natural de Paraná, cidade da província argentina Entre Rios, ela faz sua estreia no WGP, mas com bastante experiência para os seus 24 anos de idade. Com um aproveitamento bem alto de 28 vitórias em 31 lutas disputadas, Giuliana é considerada uma lutadora forte para a categoria e um dos principais nomes de seu país.

Do outro lado da chave mais um duelo internacional. A também brasileira e carioca Tina Black chega com a expectativa alta, como uma das principais promessas do cenário nacional após as conquistas do carioca da modalidade e do Ichiban Kickboxing. Aos 23 anos, ela soma cinco vitórias e duas derrotas na carreira e treina com nomes importantes do UFC como Poliana Botelho e Ketlen Vieira. Sua adversária é a chilena Jacqueline Ayala, outra velha conhecida do WGP. Radicada na capital Santiago, ela integra a equipe de Ivan Galaz, ex-desafiante ao título dos cruzadores do WGP e um dos nomes mais respeitados do kickboxing chileno. Aos 36 anos, Jacqueline soma 25 duelos na carreira, com 16 vitórias, oito derrotas e um empate. No WGP ela soma 50% de aproveitamento, já que vem de vitória sobre Marty Martinez, na última edição no Chile e estreou com revés para Lailane Mota, curiosamente outra participante do GP.

O WGP 58 conta ainda com um confronto de peso. O argentino Nicolas Jara encara o chileno Felipe Díaz em um combate que promete. A última aparição de Jara no WGP foi na edição 56, na Argentina, em que protagonizou um belo nocaute sobre o equatoriano Cesar Paredes. Já Díaz atuou pela última vez no WGP justamente na edição 54, na primeira vez em Santiago, quando bateu Maykon Brendel por decisão unânime. O WGP 58 conta ainda com diversos duelos emocionantes e muita trocação.

WGP 58: Krespita Rodríguez vs Martina Bernile

Data: 19/10/2019

Local: Gimnasio Municipal de Puente Alto – Puente Alto, Santiago/Chile

Horário: 19h00 (Undercard) / 21h00 (WGP Super Fights) / 22h30 (WGP 58)

Ingressos: www.ecopass.cl (bit.ly/2mqdxpF)

WGP 58

Main Event: WGP Title Bout

Peso Mosca Feminino (52kg)

Carolina ‘Krespita’ Rodríguez (KR Boxing – CHI) vs Martina Bernile (Rendoki Dojo – ITA)

Co-Main Event: Challenger GP Final

Peso Mosca feminino (52kg)

Vencedora Seminfinal 1 vs Vencedora Semifinal 2

Special Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Nicolas Jara (Dojo Serpiente/Renegado Team – ARG) vs Felipe Díaz (Díaz Striking Academy/Brutal Striker – CHI)

Challenger GP – Semifinal 2

Peso Mosca feminino (52kg)

Tina Black (MSP/War Machine – BRA) vs Jacqueline Ayala (Brutal Striker – CHI)

Challenger GP – Semifinal 1

Peso Mosca feminino (52kg)

Lailane Mota (The Rock Team/AKB 021 – BRA) vs Giuliana Cosnard (Mannschaft Kaiser/EIDC Paraná – ARG)

WGP Super Fights

Super Fight

Peso Meio-médio (71,8kg)

Llanco Medina (HeroGym) vs Juan Villaseca (Valhalla Fight Club)

Super Fight

Peso Super-médio (78,1kg)

Peter Fernandez (Cam Fit) vs Salvador Vergara (Row Chile)

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Joaquin Morales (Emetres -CHI) vs Serginho Junior (TRKB – BRA)

Super Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Daniel Barahona (HeroGym/Don Team ) vs Juan Salazar (SFC)

WGP 58 Undercard

Fight

Peso Meio-médio (71,8kg)

Max Palomino (Academia Santa Laura) vs Sebastian Corral (Brutal Striker)

Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Juan Naranjo (Art Fighters Chile)  vs Emanuel Aguilera (KR Boxing/ Strong World)

Fight

Peso Leve (60kg)

Alex Sepulveda (Row Chile) vs Arturo Vergara (K-boom / KR Boxing)

Fight

Peso Super-leve (64,5kg)

Emilio Venegas (Fighting Talents Viña del Mar) vs Gamalier Muñoz (Tao Chuan Chile)

Fight

Peso Casado (63kg)

Maria Zapata (Real Thai Box/UFC Gym Chile) vs Urania Contreras (Strikebox Original)