Portal do Vale Tudo

Vinicio Antony revela que Lyoto Machida x Chael Sonnen está praticamente fechado: ‘Só falta a data’

por: Leonardo Fabri | @Fabri89
em 13 de março de 2019

Vinicio Antony foi o convidado do RESENHA PVT dessa terça-feira, que foi ao ar ao vivo e está disponível na íntegra no vídeo acima e em nosso canal no Youtube. Entre diversos assuntos interessantes, o treinador revelou os planos ambiciosos de Lyoto Machida no Bellator e soltou a informação de que a próxima luta será contra Chael Sonnen nos meio-pesados, que já seria uma espécie de teste para o possível duelo contra o campeão da categoria, Ryan Bader.

“A gente tem um adversário para a categoria de cima, que é o Chael Sonnen, o evento ofereceu para o Lyoto enquanto a luta pelo cinturão não vem na categoria debaixo, já está praticamente certo, só falta definir data. Mas já está treinando para dar seus primeiros passos na categoria do Ryan Bader, para deixar o Ryan Bader ansioso (risos)”, disse Antony, que revelou os planos de Lyoto no Bellator. “A ideia é disputar o cinturão dos médios, vencer e subir para disputar o cinturão dos meio-pesados, sim. A ideia é ser ambicioso, é querer grande.”

Hoje treinador de Lyoto, o especialista em Karatê Shotokan também tem em seu currículo trabalhos com Vitor Belfort. Atualmente os dois não mantêm contato e Vinicio Antony

listou alguns episódios que ajudaram a desgastar a relação. Entre eles, o fato de, no passado, Vitor ter sugerido e garantido a sociedade em uma academia. Depois de tudo quase pronto, o lutador teria se mudado para os EUA sem dar qualquer explicação, jogando por água abaixo o que havia sido combinado. O estopim teria sido no camp para a luta contra Ronaldo Jacaré, em 2016. Segundo Antony, o então pupilo ignorou suas instruções, o que colaborou para a derrota.

Ainda em relação aos dois, o trinador revelou o que aconteceu entre Vitor Belfort e Paulo Borrachinha, levado aos EUA para ajudar no camp do compatriota. De acordo com Vinicio Antony, Vitor teria evitado fazer sparring com o mineiro, que, chateado, se arrumou para ir embora. O treinador afirma que, após uma conversa, convenceu o jovem a ficar, mas que foram surpreendido em seguida, quando um empresário de Vitor ligou mandando Borrachinha ir para o aeroporto que a passagem de volta para o Brasil já estava comprada.

“Ele disse: ‘O Vitor não gostou da energia dele no camp’. Aí eu falei: agora o Vitor é Mãe Diná, não gosta de energia… que porra é essa? Mandou o menino embora. Fica a dúvida…”

Vinicio Antony também falou em tom crítico do Karatê nas Olimpíadas; o porquê da modalidade Shotokan fazer mais sucesso no MMA e a Kyokushin, no K-1; das chances de Thiago Marreta contra Jon Jones; e rendeu elogios ao “monstro” Johnny Walker. Confira tudo isso e muito mais no vídeo acima.