Portal do Vale Tudo

Vídeo: Sergio Cunha relembra guerra entre capoeira e muay thai que deu início ao vale-tudo em Curitiba

por: PVT
em 19 de maio de 2017

Quando se fala em Chute Boxe e rivalidade logo vem à mente a guerra entre a equipe curitibana e a Brazilian Top Team nos áureos tempos de Pride. O que poucos sabem é que antes disso os alunos de Rudimar Fedrigo viveram intensas batalhas contra capoeiristas do Corpo de Bombeiros do Paraná, o que gerou o primeiro evento de vale-tudo da cidade. Sergio Cunha relembrou o capítulo em bate-papo com o PVT.

“A gente estava em uma praia em Caiobá e o Nilson (de Castro) estava usando uma bermuda colada… Isso no final dos anos 80, início dos anos 90… Ele passou por um nativo, e o nativo falou para ele: ‘Aí, Vera Verão!’. Tirou uma onda do Nilson. O Nilson deu um chute no nativo e ele caiu com as pernas abertas, todo torto, e todo mundo começou a rir. O nativo perguntou: ‘Vocês querem brigar? Então beleza’. Deu 10 minutos e param dois caminhões dos bombeiros na esquina e os bombeiros vêm na nossa direção. O que a gente não sabia é que os bombeiros eram da capoeira. A gente brigou com esses bombeiros, saímos na porrada, 30 contra 5 ou 6, tomamos um corridão no final da briga e fomos embora”.

Mas a história não terminou aí. Como lembra Cunha, Pelé Landi, que não estava no episódio da praia, resolveu tomar satisfação e desafiou os capoeiristas.

“’Quem brigou com meus amigos? Eu não estava aqui. Quero ver se agora tem homem aqui. Quero ver se alguém aqui briga comigo!’, disse o Pelé. Os bombeiros foram em 30, pegaram ele, jogaram ele na baía de Guaratuba, jogaram canoa em cima dele e arrancaram os dreads rastafari dele. Depenaram o Pelé. Foi por isso que começou a nossa bronca com a capoeira”, explicou Cunha.

A partir disso, membros do muay thai e da capoeira passaram a se enfrentar rotineiramente nas ruas de Curitiba. Para resolver o imbróglio, as lideranças das duas modalidades resolveram promover um desafio entre eles.

“A gente passava numa praça e tinha que brigar com um cara da capoeira, ou então numa rua e ter que brigar um cara da capoeira com um do muay thai. O mestre Sergipe (capoeira) chegou para o Rudimar e sugeriu casar cinco lutadores de cada para se enfrentarem no primeiro evento de vale-tudo de Curitiba”.

No evento, Pelé Landi, Rafael Cordeiro, Nilson de Castro e Fábio Piemonte representaram o muay thai. Entretanto, uma briga generalizada impediu a continuação do desafio e o clima seguiu hostil nas ruas de Curitiba, terminando apenas após um segundo desafio. Assista à história completa no vídeo acima.