Portal do Vale Tudo

Vídeo: assista à vitória de Rodolfo Vieira em sua estreia no UFC

por: PVT | @portaldovt
em 12 de agosto de 2019

O Brasil dominou a edição de estreia do UFC Uruguai, em Montevidéu, nesse final de semana. Foram cinco vitórias e três derrotas e duelos contra estrangeiros. Na luta principal, Valentina Shevchenko confirmou o favoritismo diante de Liz Carmouche e, com uma atuação conservadora, venceu os cinco rounds, garantindo a decisão unânime a seu favor e a manutenção do cinturão peso-mosca feminino.

Pelos meio-médios, Vicente Luque ampliou sua sequência de vitórias. Em uma luta bastante disputada, o meio-médio brasileiro superou Mike Perry por decisão dividida e anotou o sexto triunfo consecutivo, o 10º nas últimas 11 lutas.

Quem também se destacou no card principal foi o estreante Rodolfo Vieira. Pelos pesos médios, o multicampeão de Jiu-Jitsu fez o que melhor sabe: levou Oskar Piechota para o chão no segundo round, encaixou um katagatame e definiu a luta.

No card preliminar, todas as luta envolveram brasileiros. Em sua estreia nos meio-médios, Gilbert Durinho passou por Alexey Kunchenko por decisão unânime; Marina Rodriguez desbancou o favoritismo de Tecia Torres e venceu por decisão unânime; e Alex Leko se recuperou da derrota na estreia, vencendo Rodrigo Kazula também por decisão unânime.

No único duelo 100% verde e amarelo da noite, Rogério Bontorin levou a melhor sobre Raulian Paiva após, com uma joelhada, abrir um grande corte acima do olho do compatriota, que fez com que o médico impedisse a continuação da luta. Além de Paiva, também foram derrotados Raphael Bebezão, finalizado por Ciryl Gané com um katagatame no primeiro round; Geraldo Freitas, superado por Chris Gutierrez por decisão dividida; e Polyana Viana, que acumulou o terceiro revés consecutivo, desta vez finalizada por veronica Macedo com um mata-leão no primeiro round.

UFC Uruguai

10 de agosto de 2019

Valentina Shevchenko venceu Liz Carmouche por decisão unânime
Vicente Luque venceu Mike Perry por decisão dividida
Luiz Eduardo Garagorri venceu Humberto Bandenay por decisão unânime
Volkan Oezdemir venceu Ilir Latifi por nocaute técnico ano R2
Rodolfo Vieira finalizou Oskar Piechota com um katagatame no R2
Enrique Barzola venceu Bobby Moffett por decisão dividida
Gilbert Durinho venceu Alexey Kunchenko por decisão unânime
Ciryl Gané finalizou Raphael Bebezão com um katagatame no R1
Marina Rodriguez venceu Tecia Torres por decisão unânime
Rogério Bontorin venceu Raulian Paiva por nocaute técnico (interrupção médica) no R1
Chris Gutierrez venceu Geraldo de Freitas por decisão dividida
Alex Leko venceu Rodrigo Kazula por decisão unânime
Veronica Macedo finalizou Polyana Viana com um armlock no R1