Portal do Vale Tudo

UFC 208: Anderson volta a vencer após 4 anos, Jacaré finaliza rápido e De Randamie conquista cinturão

por: PVT
em 12 de fevereiro de 2017

O UFC tem uma nova campeã. Na inauguração do cinturão peso-pena feminino, Germaine De Randamie venceu Holly Holm por decisão unânime em uma luta para lá de morna e se tornou a primeira dona do título da divisão. O provável, agora, é que ela defenda o posto contra Cris Cyborg, considerada a melhor lutadora da categoria de todos os tempos. Ainda no UFC 208, realizado na madrugada de sábado para domingo, no Brooklyn, EUA, Anderson Silva fez as pazes com a vitória ao superar Derek Brunson também via decisão unânime. Pela mesma categoria, Ronaldo Jacaré não teve muita dificuldade para finalizar Tim Boetsch com uma kimura no assalto inicial.

Anderson voltou a sentir o gosto da vitória - Foto: Getty Images

Anderson voltou a sentir o gosto da vitória – Foto: Getty Images

O campeão voltou?
Sem uma vitória oficial desde 2012, quando nocauteou Stephan Bonnar no UFC Rio 3, Anderson Silva, aos 41 anos, lutou de forma solta, mas sem se arriscar como outrora, embora tenha abaixado a aguarda e oferecido o roso em alguns momentos. Mais preciso nos golpes que colocava, o brasileiro também frustrava Derek Brunson defendeu as tentativas de queda. Com chutes rodados e tradicionais, e o domínio do octógono, o ex-campeão convenceu os jurados laterais de sua superioridade e voltou a ter o braõ erguido depois de quatro anos e quatro meses.
Enfim desafiante?
O outro peso médio brasileiro que subiu ao octógono do UFC 208 foi Ronaldo Jacaré, que praticamente nem suou. Rapidamente o faixa preta e multicampeão de jiu-jitsu levou Tim Boetsch para seu habitat, montou com extrema facilidade e encaixou uma impiedosa kimura, obrigando o norte-americano bater ainda no primeiro assalto. Com a vitória, Jacaré agora espera enfim ser credenciado para disputar o cinturão da categoria.
Saldo positivo para o Brasil
Contando com os triunfos de Anderson Silva e Ronaldo Jacaré, o Brasil venceu quatro dos cinco combates que teve no UFC 208. O meio-pesado Glover Teixeira e o mosca Wilson Reis fizeram o jogo exato diante de Jared Cannonier e Yuta Sasaki, respectivamente,e conquistaram a vitória por decisão unânime. Já o meio-médio Roan Jucão não teve a mesma felicidade e acabou sendo superado por Ryan LaFlare também via decisão unânime.
UFC 208
Brooklyn, Nova York, EUA
11 de fevereiro de 2017
Germaine De Randamie venceu Holly Holm por decisão unânime
Anderson Silva venceu Derek Brunson por decisão unânime
Ronaldo Jacaré finalizou Tim Boestch por finalização aos 3m41s do R1
Glover Teixeira venceu Jared Cannonier por decisão unânime
Dustin Poirier venceu Jim Miller por decisão majoritária
Belal Muhammad venceu Randy Brown por decisão unânime
Wilson Reis venceu Yuta Sasaki por decisão
Islam Makhachev venceu Nik Lentz por decisão unânime
Rick Glenn venceu Phillipe Nover por decisão dividida
Ryan LaFlare venceu Roan Jucão por decisão unânime