Portal do Vale Tudo

Shogun apoia criação de “Liga das Lendas”, mas não se inclui: “Sou experiente, mas ainda sou novo”

por: Leonardo Fabri
em 9 de junho de 2017

Vencedor do Grand Prix dos médios do Pride em 2005 e campeão meio-pesado do UFC em 2010, Maurício Shogun é considerado um veterano do MMA. Apesar disso, o curitibano não é um dos mais velhos em atividade. Aos 35 anos, ele ainda não pensa em aposentadoria, e faz questão de deixar claro que, apesar de ser favorável à criação da “Liga das Lendas” – na qual lutadores já consagrados se enfrentariam sob regras adaptadas – não se vê participando tão cedo.

“Eu acho legal (criação da Liga das Lendas). Sou um cara experiente, mas me sinto um cara novo na luta. Tenho 35 anos só, e tem muitos atletas atingindo o auge com 38, 39, 40, igual o Demian, o Bisping, o Werdum, que entrou no auge há pouco tempo. Essas pessoas me motivam muito a seguir sempre firme e forte”, declarou Shogun em bate-papo com a imprensa.

Embalado por três vitórias consecutivas, o brasileiro negocia com o UFC para lutar na edição do Japão marcada para setembro. Sem querer escolher adversário, ele não esconde que uma revanche contra Ovince St-Preux, que o nocauteou em novembro de 2014, é vista com bons olhos.

“O St-Preux é um cara que eu tenho o maior respeito, é um cara que já me venceu, mas é uma luta que eu gostaria de ter novamente. Quem sabe não é ele? É muito cedo para falar ainda, mas estou à disposição se for ele”, afirmou.