Portal do Vale Tudo

Sem saber o que fazer para disputar o cinturão, Raphael Assunção pede ajuda ao marketing do UFC

por: Leonardo Fabri | @Fabri89
em 9 de julho de 2018

No último sábado o peso-galo Raphael Assunção bateu Rob Font por decisão unânime no UFC 226 em Las Vegas e anotou a quarta vitória seguida, a 11ª em 12 lutas – perdeu apenas para o atual campeão, TJ Dillashaw. Introvertido diante das câmeras, ele confessa que não sabe mais o que deve fazer para conseguir, enfim, a tão sonhada disputa de cinturão.

“Não sei o que fazer. Chegar, gritar… às vezes eu fico meio sem posicionamento. Grita, fala, xinga… em vez de simplificar minha vida, complica, porque eu não sei o que fazer. Se eu grito, seu eu falo, se eu faço um vídeo no Instagram e começo a falar besteira… Eu fico meio confuso. E eu não quero ficar confuso com minha própria pessoa. Isso para mim é mais importante”, desabafou em entrevista ao canal oficial do UFC.

Se dentro do octógono ele vem cumprindo seu papel, fora dele ele espera contar com o suporte do próprio UFC e até mesmo de Dana White.

“Espero que o patrão me dê a minha chance e me ajude nessa parte do marketing. Se tem um suporte por trás, é mais fácil para o atleta”.