Portal do Vale Tudo

Sem contrato com WSOF, Marlon Moraes deixa futuro em aberto: “Posso ser desafiante em qualquer evento”

por: Leonardo Fabri
em 4 de janeiro de 2017

Marlon Moraes é um dos melhores galos do mundo - Foto: Divulgação/WSOF

Marlon Moraes é um dos melhores galos do mundo – Foto: Divulgação/WSOF

Um dos melhores pesos-galo do mundo, Marlon Moraes pode estar de saída do WSOF, evento no qual jamais perdeu e defendeu o cinturão por cinco vezes consecutivas. A luta no último final de semana, em Nova Iorque, foi a última do seu atual contrato com a organização, o que o deixa livre para negociar com outras companhias, como, por exemplo, o UFC. Em entrevista ao PVT, o fluminense de Nova Friburgo deixou seu futuro em aberto.

“Estou aberto a negociar com todos os eventos. Quero ser valorizado pelo trabalho que venho fazendo e as expectativas são as melhores. Ainda não existe nada em relação a negociações, estou curtindo o meu tempo livre, vamos estudar as propostas e fazer o que for melhor para o meu futuro”, disse o lutador.

Marlon Moraes chegou ao WSOF na primeira edição do evento, no final de 2012. De lá para cá foram 11 vitórias, a conquista do cinturão dos galos e cinco defesas de título. Modesto, ele não se considera o melhor lutador da história da organização, mas tem certeza que o que construiu ao longo de sua participação o coloca com um dos melhores do planeta.

“Acho que escrevi o meu nome na história do evento, tive grandes apresentações, mas ainda não sei o que o futuro me reserva. Acho que sou um dos grandes nomes do evento, não o maior, mas estou entre os melhores, com certeza. Ainda não sei aonde vou lutar, mas seja qual for meu destino, sou um dos cinco melhores do mundo e isso com certeza me credencia a ser desafiante em qualquer evento do mundo”, acredita.

Sobre o novo campeão do UFC, Marlon Moraes foi taxativo.

“Cody Garbrandt é um grande lutador, é muito completo, teve uma grande apresentação contra o Dominick Cruz, mas não é invencível”.