Portal do Vale Tudo

Romero vence Rockhold, mas fica sem cinturão; Formiga finaliza

por: PVT | @portaldovt
em 12 de fevereiro de 2018

Romero venceu e deve ter uma chance contra Robert Whitakker – Foto: UFC

Yoel Romero venceu Luke Rockhold no último sábado, no UFC Austrália, mas não ficou com o cinturão interino. O título era válido apenas para Luke, já que Romero não bateu o peso oficial para a luta. Único brasileiro em ação no show, Jussier Formiga finalizou, e já pediu uma chance pelo título de Demetrious Johnson.

Punido por não ter batido o peso para a disputa do título interino dos médios, Yoel Romero subiu ao octógono sabendo que, mesmo se vencesse Luke Rockhold, não ficaria com o cinturão. Mas isso não desanimou o cubano. No terceiro round, o lutador acertou um potente golpe no americano, que caiu grogue e ainda recebeu outro soco, sendo nocauteado. Com a vitória, ainda que sem o cinturão interino, Romero garantiu, segundo Dana White, uma chance pelo título linear contra Robert Whittaker.

Único brasileiro em ação, Jussier Formiga finalizou Ben Nguyen no terceiro round com um mata-leão, em uma das preliminares da noite. O brasileiro, que pediu uma chance de disputar o título dos moscas contra Demetrious Johnson, faturou ainda um bônus de US$50 de “performance da noite”.

 

UFC 221

10/02/2018

Perth, Austrália

CARD PRINCIPAL

Yoel Romero venceu Luke Rockhold por nocaute a 1m48s do R3

Curtis Blaydes venceu Mark Hunt por decisão unânime

Tai Tuivasa venceu Cyril Asker por nocaute técnico aos 2m18s do R1

Jake Matthews venceu Li Jingliang por decisão unânime

Tyson Pedro venceu Saparbek Safarov por finalização aos 3m54s do R1

CARD PRELIMINAR

Dong Hyun Kim venceu Damien Brown por decisão dividida

Israel Adesanya venceu Rob Wilkinson por nocaute técnico aos 3m37s do R2

Alex Volkanovski venceu Jeremy Kennedy por nocaute técnico aos 4m57s do R2

Jussier Formiga venceu Ben Nguyen por finalização a 1m43s do R3

Ross Pearson venceu Mizuto Hirota por decisão unânime

José Quiñonez venceu Teruto Ishihara por decisão unânime

Luke Jumeau venceu Daichi Abe por decisão unânime