Portal do Vale Tudo

Rafael Carino vence Carlão Barreto no Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu; veja os campeões da faixa-preta

por: PVT
em 13 de novembro de 2017

Rafael Carino derrotou Carlão Barrero no Abu Dhabi Legends. Eduardo Ferreira

O último dia do Abu Dhabi Grand Slam de Jiu-Jitsu, realizado no último domingo, dia 12 de novembro, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, reservou grandes emoções com as finais da faixa-preta masculino e feminino, além da superluta do Abu Dhabi Legends entre os veteranos Rafael Carino e Carlão Barreto.

Antes das finais da faixa-preta, a superluta entre Carino, da Nova União, e Carlão Barreto, aluno de Sergio Bolão, levantou a torcida. O faixa-preta de André Pederneiras conseguiu uma queda logo no início do combate para derrotar Barreto por 2 a 0.

No adulto faixa-preta masculino, destaque para as vitórias de Isaque Bahiense, da Alliance, que ficou com o título na categoria até 85kg e para Patrick Gáudio, da GFTeam, ouro na categoria até 94kg.

No adulto feminino, quem brilhou mais uma vez foi Bia Mesquita, que ficou com o título na divisão até 62kg. Quem também se destacou foi a irmã de Rodolfo Vieira, que conquistou o título na categoria até 70kg.

Confira abaixo como foram os duelos do adulto faixa-preta.

MASCULINO:

56kg – José Carlos Lima (GFTeam) assegurou a medalha de ouro com uma performance segura contra o americano David Herrera (Soul Fighters). José Carlos ficou com o ouro ao fazer 2 a 1 nas vantagens.

62kg – João Miyao e Hiago George, parceiros de treino na equipe Cícero Costha, fizeram um duelo interessante com muitas inversões e raspagens. No final, um empate em 6 a 6 nos  pontos, mas uma vantagem conseguida logo no início da luta deu o título a Hiago.

João Neto finalizou Rafael Mansur com esse triângulo. Ane Nunes/ Gentle Art Media

69kg – João Neto (Alliance) não perdeu tempo. Logo no início da luta ele pegou Rafael Mansur (NS Brotherhood) em um triângulo e não soltou mais. Mansur usou toda a sua técnica e força para resistir por alguns minutos, mas acabou batendo.

77kg – Em um combate bem equilibrado, Hugo Marques (Soul Fighters) aproveitou uma das poucas oportunidades para raspar e fazer 2 a 0 contra Ricardo Pingo (NS Brotherhood), o que lhe garantiu a medalha de ouro.

Isaque Bahiense garantiu o bicampeonato ao vencer Braguinha. Ane Nunes/ Gentle Art Media

85kg – A fera da Alliance Isaque Bahiense encarou o casca-grossa Gustavo Braguinha (NS Brotherhood) e saiu com a medalha de ouro após vencer o duelo por 3 a 0 nas vantagens.

94kg – Depois de vencer Xande Ribeiro nas semifinais, Patrick Gaudio (GFTeam) chegou à final com um certo favoritismo contra Guilherme Santos (Alliance). O duelo foi equilibrado e decidido pelos juízes a favor de Gaudio após um empate em 0 a 0 nos pontos.

110kg – Aluno de Leandro Lo, o polonês Gerard Labinski (NS Brotherhood) fez a final contra o experiente Igor Silva (Command Group). Labinski jogou por cima e conquistou uma vantagem para ficar com o ouro na categoria.

FEMININO:

55kg – Em duelo entre companheiros de equipe, a faixa-preta da GFTeam Amanda Nogueira fez uma luta dura contra a faixa-marrom Mayara Abraão. Com uma queda, Amanda venceu o duelo por 2 a 0 e ficou com o título.

Bia Mesquita venceu Bia Basílio por 6 a 0. Ane Nunes/ Gentle Art Media

62kg – Bia Mesquita (Gracie Humaitá) continua a impressionar com ótimas performances. Na final contra Bianca Basílio, Bia ficou com o ouro ao raspar e montar, anotando 6 a 0 no placar.

Ana Carolina Vieira, a Baby, finalizou todas as suas adversárias. Ane Nunes/ Gentle Art Media

70kg – Irmã do pentacampeão mundial Rodolfo Vieira, Ana Carolina Vieira (GFTeam) teve mais uma grande atuação. Depois de finalizar dois oponentes na categoria para chegar a final, ela completou sua atuação de gala ao finalizar Thamara Silva (Cícero Costha) com uma estrangulamento nas costas.

90kg – A faixa-preta Claudia Do Val (de la Riva) levou a melhor sobre a faixa-marrom Heloisa Ferreira (Alliance). Claudia ameaçou Heloisa com triângulos e omoplatas, mas a casca-grossa da Alliance mostrou muita resistência. No final, o título ficou com Claudia Do Val na decisão dos juízes.

Clique aqui e confira os resultados completos do torneio, que teve a GFTeam como campeã geral, com a Gracie Barra ficando na segunda colocação e a Nova União em terceiro.