Portal do Vale Tudo

Rafael Carino quer se manter ativo enquanto aguarda duelo contra Márcio Pé-de-Pano pelo cinturão do Legends

por: PVT | @portaldovt
em 20 de janeiro de 2018

Após vencer Carlão Barreto, faixa-preta se qualificou para disputar o título contra Pé-de-Pano. Eduardo Ferreira

Aos 44 anos, Rafael Carino ainda tem muita lenha para queimar. O faixa-preta de Jiu-Jitsu da Nova União, primeiro atleta a representar a equipe no UFC em 1996, na edição 9, vem de vitória sobre Carlão Barreto na superluta do Abu Dhabi Legends, realizado em novembro do ano passado no Grand Slam do Rio de Janeiro. Embalado, ele projeta participar dos principais torneios de veteranos da temporada enquanto aguarda a data para disputar o título dos pesados do Legends.

“Pretendo lutar os eventos organizados pelas federações do Rio como FJJG, a FJJD, o Brasileiro da CBJJ, além do Internacional de Master da CBJJ e da IBJJF, que acontece em Las Vegas. Também planejo disputar o cinturão do Legends contra o Marcio Pé-de-Pano, que é o atual campeão. Estou apenas aguardando a Federação de Abu Dhabi confirmar se eu luto em março no Grand Slam de Londres ou no World Pro, em abril, em Abu Dhabi”, disse Carino.

Campeão Brasileiro peso e absoluto em 1997, e campeão mundial no mesmo ano, Rafael Carino sempre dividiu seu tempo entre dar aulas e competir. “Lutar e competir eu já faço desde 1996. Mais de 20 anos nessa pegada de dar aulas e competir profissionalmente. Levo com naturalidade e sempre motivado, buscando o meu melhor como professor e lutador”, explicou o peso-pesado, que está ainda mais motivado com o crescimento da categoria máster.

“A cada ano que passa a categoria máster está mais disputada. Grandes nomes voltando a competir e se mantendo ativos, não só pelo bem estar físico e mental, o que melhora a qualidade de vida. O pessoal da velha guarda está voltando aos tatames e tornando as disputas nesta categoria cada vez mais acirradas. Pra mim, é um privilégio ainda estar competindo e buscando o topo do pódio”, encerrou o faixa-preta.