Portal do Vale Tudo

Patrício Pitbull comemora bom resultados de sua equipe e projeta 2019 com mais títulos

por: PVT | @portaldovt
em 11 de janeiro de 2019

Campeão do Bellator destaca grande momento da Pitbull Brothers e fala sobre próximos compromissos
– Foto: Divulgação/Bellator

A equipe Pitbull Brothers terminou o ano em alta. Com um aproveitamento de mais de 70% de vitórias, a equipe liderada pelos irmãos Patrício e Patricky Pitbull teve muitos motivos para comemorar. Enquanto Patrício manteve o cinturão dos penas do Bellator, Patricky se aproximou ainda mais do título da categoria dos leves. Outros atletas da equipe como Junior “Dedinho”, que se destacou na África do Sul, e Handesson “Boy Doido”, que ficou perto de conquistar o torneio da PFL, também merecem destaque.

“Nosso ano foi positivo, tivemos muitas vitórias importantes e isso em muitas lutas nas quais éramos azarões. Nosso aproveitamento geral foi em torno de 70%. E quando você leva em consideração que fomos azarões em mais da metade das lutas que fizemos, especialmente as internacionais, isso é um saldo bastante positivo”, analisou Patrício.

E a equipe quer continuar 2019 na mesma pegada. Já pensando no ano que se inicia, a equipe não parou de treinar nem nas festas de fim de ano. Isso porque alguns atletas já estão com compromissos marcados para janeiro e fevereiro.

“Vamos começar o ano com a luta de Felipinho Silva no ACA, dia 26 de janeiro. É uma luta bastante importante, já que pode levá-lo à disputa de cinturão. Depois meu irmão luta no dia 9 de fevereiro contra o Ryan Scope. Acredito que o título está próximo, mas do jeito que tudo gira em torno das vontades de Michael Chandler, nunca se sabe. Mas espero um ano com mais vitórias, títulos e com atletas da equipe se destacando cada vez mais”, projetou.

Parceria com Henry Cejudo

Campeão dos moscas do UFC, Henry Cejudo tem luta marcada para o próximo dia 19 de janeiro contra TJ Dillashaw, campeão dos galos, em uma luta que valerá a unificação dos títulos. No ano passado, quando conquistou o cinturão da organização ao derrotar Demetrius Johnson, Cejudo tinha feito todo o seu camp na Pitbull Brothers. Desta vez, o americano não fez a preparação em Natal, mas manteve contato com os irmãos para falar sobre treino e estratégia para esta luta.

“Henry não veio pra cá dessa vez, mas está lá nos EUA com nosso treinador Eric Albarracin e nós conversamos sobre os treinos, estratégia e táticas pra luta. Sempre tem um feedback. Ele vai conquistar mais essa vitória e continuar fazendo história”, afirmou Patrício.