Portal do Vale Tudo

Patrício exalta bom momento vivido por companheiros da Pitbull Brothers

por: PVT | @portaldovt
em 16 de julho de 2019

Patrício lidera a equipe ao lado do irmão, Patricky – Foto: Divulgação

Seis lutas e seis vitórias em apenas duas semanas. A Pitbull Brothers, equipe liderada pelos irmãos Patrício e Patricky Pitbull, vive um momento especial no MMA. E dois dos últimos seis resultados positivos da equipe aconteceram no Fight On MMA 6, que foi realizado no último sábado (13) em Salvador, na Bahia. O peso-mosca Gian Patolino anotou sua sexta vitória e segue invicto no MMA. Já o peso-pesado José Augusto Azevedo Barros, o Gugu, conquistou sua quinta vitória, a terceira seguida desde que se juntou à Pitbull Brothers. Orgulhoso da conquista de seus pupilos, Patrício, campeão dos penas e dos leves do Bellator, rasgou elogios aos atletas.

“São dois atletas dedicados e dispostos a aprender. A evolução deles é nítida nos treinos, e o mais importante é que esse crescimento está sendo apresentado nas lutas. São dois lutadores jovens e promissores, com uma carreira brilhante pela frente. Basta manterem o foco e continuarem trabalhando com os pés no chão que o sucesso será consequência natural. As pessoas ainda vão ouvir falar muito desses dois”, enalteceu Patrício.

Paraibano da cidade de Santa Luzia, o peso-mosca Gian Patolino é uma das grandes revelações do MMA nacional. Em seis lutas, ele venceu três por finalização e três por nocaute. No Fight On MMA, onde ele acabou lutando como peso-galo devido a uma mudança de adversário há poucos dias do evento, Patolino nocauteou Mikelle Bragatto ainda no primeiro round. O atleta de apenas 23 anos acredita que está pronto para grandes eventos internacionais, mas deixa essa decisão para o seu empresário e para os treinadores da equipe.

“Consegui impor muito volume de golpes sem dar brecha para o adversário, mas ele foi muito guerreiro. Agora espero seguir para voos maiores. Acredito que estou pronto para trilhar esse caminho. Sei que tenho muito o que aprender ainda, mas estou na melhor equipe do mundo e tenho os melhores professores. Espero voltar a lutar o quanto antes e, onde eles me colocarem para lutar, seja no UFC, Bellator, ou em qualquer outro evento no Brasil ou fora do país, eu estarei pronto”, disse Patolino.

Quem também brilhou no evento foi o peso-pesado José Augusto Azevedo Barros, o Gugu. Desde que se juntou a equipe Pitbull Brothers ele não sabe o que é perder. No Fight On MMA, o baiano de Paulo Afonso chegou a sua quinta vitória, a terceira seguida representando o time dos irmãos Pitbull. O atleta de 27 anos, que havia nocauteado quatro oponentes na carreira, conseguiu a sua primeira vitória por finalização ao encaixar um triângulo de braço na luta contra José Aparecido Gomes, que possuía dez vitórias e três derrotas até então, ainda no primeiro round.“A vitória foi tranquila, graças a Deus. Passei por mais um oponente sem correr riscos, isso mostra a minha evolução desde que cheguei na Pitbull. Estou grato por minha atuação, mas sei que tenho muito a aprender e a melhorar. Espero voltar a lutar o quanto antes, ainda mais agora que descobri que vou ser pai de novo. Estou aqui pra lutar com qualquer um e em qualquer evento, não importa se é no Brasil ou no exterior”, declarou.

Animado com as recentes performances dos atletas de sua equipe, Patricio Pitbull não apenas engrandeceu os feitos conquistados, mas garantiu que sua equipe está pronta para fazer grandes apresentações em qualquer evento de MMA no Brasil.

“Nesse final de semana tivemos quatro atletas da matriz em Natal e um atleta da nossa filial no interior em lutas profissionais e vencemos todas, sendo quatro vitórias por nocaute técnico e uma por finalização. No final de semana passado dois atletas da matriz venceram no primeiro round. Dos seis atletas que preparamos, todos venceram bem e contra adversários respeitáveis. O momento na equipe está ótimo e vamos continuar trabalhando duro para que isso se espalhe para todos. Os promotores de evento no Brasil podem ter certeza que se contratarem nossos atletas, terão grandes combates”, concluiu Patricio.