Portal do Vale Tudo

Cormier: ‘Não sou um cara cheio de músculos; sou pai, tenho 39 anos de idade e sou como qualquer outra pessoa’

por: PVT | @portaldovt
em 10 de julho de 2018

Com o nocaute ainda no primeiro round sobre Stipe Miocic no último final de semana, Daniel Cormier entrou para história do MMA ao ser o primeiro ser humano a acumular os cinturões dos meio-pesados e dos pesos pesados do maior evento do esporte no planeta. O feito se torna ainda mais impressionante levando em consideração o fato do atleta – com físico nada atlético – ser quase um quarentão. Foi sobre isso que o “campeão-campeão” desabafou em entrevista ao canal oficial do UFC logo após a conquista.

“Eu não sou um cara cheio de músculos. Eu sou pai, tenho 39 anos de idade. Eu vou treinar e depois ficar com meus filhos. Eu… eu sou como qualquer outra pessoa. E se eu puder trabalhar bastante – eu tenho alguns dons, obviamente – eu consigo fazer coisas incríveis e me senti bem por realizar esse objetivo”.

Cormier ainda lembrou que em toda a sua carreira só foi derrotado por apenas um adversário, o rival Jon Jones, que foi flagrado no exame antidoping em uma das duas lutas em que o derrotou, anulando o resultado. Para o atual campeão da duas categorias mais pesadas do UFC, não havia motivos para subestimá-lo.

“Tantas pessoas duvidaram de mim. E eu disse a eles… é diferente. Há uma diferença. Vocês só me viram perder para o Jon Jones, e vocês dizem que ele é o melhor de todos os tempos. Então me subestimar em relação a qualquer outra pessoa é um grande erro”.