Portal do Vale Tudo

Moicano contesta decisão dividida e comenta “corridinhas” durante luta contra Stephens

por: PVT
em 17 de abril de 2017

Renato Moicano passou pelo seu maior teste desde que chegou ao UFC. No último sábado, em Kansas, EUA, ele venceu o experiente e perigoso Jeremy Stephens por decisão dividida em um equilibrado duelo de três rounds. Feliz pelo seu desempenho, o brasiliense só lamenta o fato de um dos jurados ter apontado vitória do adversário, e justificou a contestação na entrevista dada ao canal oficial da organização.

“Eles deram decisão dividida, mas eu não vejo como ter sido dividida. Eu machuquei muito a perna dele, e deveria até ter chutado mais, mas ele andava muito para frente e tirava a distância. Um dos meus corners disse que eu tinha perdido o segundo round, só que eu sabia que eu não tinha perdido, porque ele não me atingiu. Você pode andar para frente o dia inteiro, mas se você não atingir o cara você não está ganhando. E eu, pelo contrário, estava atingindo a perna, botando o jab, bloqueando os golpes dele”, explicou Moicano, que chegou a três vitórias em três lutas no UFC.

Oriundo do jiu-jitsu, o brasileiro chegou a correr um certo perigo em alguns momentos da luta diante do exímio nocauteador Jeremy Stephens, e em algumas oportunidades chegou até a dar as costas para o oponente, o que gerou uma certa frustração do público presente.

“Foi a primeira vez que eu entrei na luta vendo tudo. Ele estava em câmera lenta. Algumas vezes eu até saí de costas, o público vaiou, mas era a minha estratégia. Eu estava vendo tudo o que ele ia fazer, tanto que todos os golpes fortes dele ficaram na minha guarda”, destacou.