Portal do Vale Tudo

Marreta revela espanto de médicos por ter conseguido seguir na luta: ‘Não existe explicação científica’

por: PVT | @portaldovt
em 17 de julho de 2019

O RESENHA PVT dessa terça-feira trouxe um Thiago Marreta que a maioria desconhece. Extremamente tímido, o homem que quase destronou Jon Jones se soltou durante a transmissão, relembrou as dificuldades vividas antes de ser tornar um lutador famoso e, claro, falou dos momentos da luta no UFC 239 e as consequências.

Conforme revelou em primeira mão no programa, além da cirurgia do joelho esquerdo, por conta dos ligamentos e do menisco, ele terá que passar por uma no esquerdo, também por conta do menisco. O procedimento acontece na tarde desta quarta-feira em Los Angeles, EUA.

“Todo médico que eu passava perguntava: como você conseguiu lutar desse jeito?”, contou. “O Tatá (Duarte, treinador) perguntou para o médico: ‘Doutor, é normal a pessoa conseguir caminhar ou até lutar com o joelho desse jeito?’. Ele falou: ‘Não é normal, não. Foi a cabeça dele, a mente dele que controlou. Não tenho uma explicação científica’.”

O carioca da Cidade de Deus também revelou que foi convidado a desfilar em caminhão do corpo de bombeiros quando chegasse na comunidade. Com a timidez que lhe é característica, o lutador do UFC se viu na obrigação de recusar o convite.

“Como eu já ia ficar aqui mesmo, usei a cirurgia como desculpa, porque sou um cara muito tímido para andar em carro de bombeiro. Ainda mais que eu não ganhei o cinturão, então não tem porquê. Vamos fazer essa festa toda quando eu levar o cinturão para o Brasil, e isso vai acontecer”, prometeu.