Portal do Vale Tudo

Isaque Bahiense vence a segunda seguida no ACB JJ e destaca evolução no Jiu-Jitsu: “Perdendo a vaidade para ter bons frutos”

por: PVT
em 16 de Abril de 2018

Isaque Bahiense a caminho das costas de Claudio Calasans – Foto: Reprodução

Isaque Bahiense começou o ano com grande estilo, com uma medalha dourada de respeito da IBJJF, no Europeu, e as recentes vitórias seguidas sobre adversários do calibre de Otávio Sousa (Gracie Barra) e Claudio Calasans (Atos), respectivamente, no Absolut Championship Berkut Jiu-Jitsu (ACBJJ).

Na recente edição do ACB JJ, encerrado no último sábado, 14 de abril, em Almaty, no Cazaquistão, o faixa-preta da Alliance dominou todos os três rounds contra Claudio Calsans para conquistar a segunda vitória seguida na organização. A seguir, Isaque detalha os passos do triunfo e traça os próximos planos: buscar o cinturão da categoria até 85kg.

“Eu busquei a luta em todos momentos e senti-me bem em todas as posições que caímos. A luta foi toda minha. Venho de duas vitórias importantes em cima de campeões mundiais e tive boas atuações. Agora é hora de buscar o cinturão”, conta o embalado Isaque.

Faixa-preta desde 2016, Isaque mostra evolução a passos largos no Jiu-Jitsu. E qual seria o ingrediente dessa crescente na modalidade? Bom, como ele mesmo diz, o primeiro passo é deixar a vaidade de lado.

“Eu pratico Jiu-Jitsu há 11 anos e sempre me preparei para esses momentos. Amo o trabalho duro. Esses resultados vêm de uma equipe de ótimos profissionais que trabalham comigo também. É uma confiança inabalável. Tenho começado por baixo, de costas no chão, em  todos os treinos. Perdendo a vaidade para ter bons frutos”, diz Isaque.

Isaque volta a lutar em Guam, no sul das Ilhas Marianas, neste fim de semana e depois, no World Pro, em Abu Dhabi.

“Meu preparador esportivo Rafael Ribeiro e toda equipe de profissionais que trabalham comigo me ajudaram muito nessa parte, no meu planejamento. Estou me sentindo muito bem com o planejamento que montaram. Agora é seguir e ter muita disciplina. Estamos  voando (risos)”, encerra o campeão.