Portal do Vale Tudo

Dustin Poirier confirma previsão, vence Justin Gaethje e proporciona lucro de 71%

por: PVT
em 17 de Abril de 2018

O Oddsshark.com acertou mais uma vez! No último sábado (14), durante o UFC on Fox 29, realizado em Glendale, no Arizona (EUA), Dustin Poirier venceu Justin Gaethje na luta mais importante do card principal – na divisão dos leves. Em combate bastante acirrado, Poirier conseguiu o nocaute técnico sobre o ex-campeão do World Series of Fighting (WSOF) no quarto round. Com a confirmação da nossa previsão, os apostadores obtiveram o lucro de 71%.

COMO FOI A VITÓRIA DE DUSTIN POIRIER SOBRE JUSTIN GAETHJE

O primeiro round se desenrolou com os dois lutadores de pé. Enquanto Gaethje conseguia o domínio do centro do octógono, Dustin Poirier estava firme nos contragolpes ao fazer uso de golpes retos, bons jabs e diretos. Por sua vez, Justin devolvia com a força de seus chutes e cruzados. No fim do assalto, a vantagem de Poirier na trocação ficou evidente com as marcas deixadas no rosto do adversário.

Com o segundo round seguindo praticamente o roteiro do primeiro, Justin Gaethje finalmente surpreendeu seu oponente ao acertou um forte golpe, que deixou Poirier momentaneamente fragilizado ao ficar de costas na grade. Com a confiança renovada no round três, Justin partiu com tudo com uma combinação de chutes baixos e socos. Porém, ele teve um ponto retirado por colocar o dedo no olho de Dustin.

Quando a impressão era de que Gaethje partiria para a definição da luta, Poirier surgiu arrasador no quarto assalto e acertou um golpe implacável de esquerda, que contou com o complemento de socos até que Justin desmoronasse em um nocaute técnico. Estava consolidada a 23ª vitória na carreira de Poirier, que ocupa o 5º lugar no ranking dos leves no Ultimate. Após o triunfo, ele deixou claro a todos o seu grande desafio: tirar o cinturão de Khabib Nurmagomedov.

“Não estou buscando revanche com Conor, Eddie ou ninguém. Não é o meu objetivo. Meu objetivo é prosperar e ser um campeão mundial para fazer dinheiro e me aposentar. Só quero ir dormir com aquele cinturão na cintura e dizer para minha esposa que eu fiz isso”, afirmou Dustin Poirie, após derrubar Justin Gaethje.

ACERTAMOS MAIS DUAS COM OS TRIUNFOS DE ALEX OLIVEIRA E ISRAEL ADESANYA

Completando a trinca de ouro do Oddsshark.com, destacamos os palpites confirmados nas outras duas lutas mais baladas do UFC on Fox 29. No duelo contra Carlos Condit, Alex Oliveira, o “Cowboy”, conseguiu o feito mais marcante de sua carreira ao finalizar o “Natural Born Killer” no segundo assalto do evento co-principal.

Em seu último combate, Oliveira havia perdido por nocaute técnico para Yancy Medeiros, em dezembro. Já Condit amarga um jejum de resultados positivos que se arrasta de 2015, quando ele bateu Thiago Pitbull. O triunfo do brasileiro, no último sábado (14), resultou no pagamento de R$ 1,50 sobre cada real.

Em um dos combates mais equilibrados da noite, o nigeriano Israel Adesanya superou o italiano Marvin Vettori em decisão dividida. Como nós havíamos previsto, o triunfo de Adesanya proporcionou a margem de resgate de 40% aos investidores. Trata-se do 13º resultado positivo do africano na carreira, que segue invicto como profissional. Já Vettori conheceu sua quarta derrota.

No desfecho do card principal, Michelle Waterson ganhou de Cortney Casey também na divisão dividida dos juízes. Para quem acreditou no triunfo dela, o lucro foi de R$ 2,00/R$ 1.

RESULTADOS DO UFC ON FOX 29 COM COTAS PAGAS DE ACORDO COM O ODDSSHARK.COM

Card principal

Peso-leve: Dustin Poirier derrotou Justin Gaethje – nocaute técnico no quarto round (R$ 1,71)

Peso-meio-médio: Alex “Cowboy” Oliveira derrotou Carlos Condit – finalização no segundo round (R$ 1,50)

Peso-médio: Israel Adesanya derrotou Marvin Vettori – decisão dividida (R$ 1,40)

Peso-palha: Michelle Waterson derrotou Cortney Casey – decisão dividida (R$ 2,00)

Card preliminar (FOX)

Peso-médio: Antônio Cara de Sapato derrotou Tim Boetsch – finalização no primeiro round (R$ 1,37)

Peso-meio-médio: Muslim Salikhov derrotou Ricky Rainey – nocaute no segundo round (R$ 1,58)

Peso-mosca: John Moraga derrotou Wilson Reis – decisão unânime (R$ 2,15)

Peso-médio: Brad Tavares derrotou Krzysztof Jotko – nocaute técnico no segundo round (R$ 1,71)

Card Preliminar (UFC Fight Pass)

Peso-leve: Gilbert Durinho derrotou Dan Moret – nocaute no segundo round (R$ 1,19)

Peso-mosca: Lauren Mueller derrotou Shana Dobson – decisão unânime (R$ 1,95)

Peso-meio-médio: Yushin Okami derrotou Dhiego Lima – decisão unânime (R$ 1,91)

Peso-pesado: Adam Wieczorek derrotou Arjan Bhullar – finalização no segundo round (R$ 4,05)

Peso-galo: Alejandro Perez derrotou Matthew Lopez – nocaute técnico no segundo round (R$ 2,10)

Peso-galo: Luke Sanders derrotou Patrick Williams – decisão unânime (R$ 1,24)