Portal do Vale Tudo

Dillashaw revela que bactéria quase adiou revanche contra Garbrandt

por: PVT | @portaldovt
em 6 de agosto de 2018

TJ Dillashaw nocauteou Cody Garbrandt novamente, agora no primeiro round, e afastou qualquer dúvida sobre sua superioridade no confronto contra o ex-parceiro de equipe. Mas, se agora o campeão é só comemoração, antes da revanche desse final de semana em Los Angeles ele era só preocupação. Em entrevista ao canal oficial do UFC, Dillashaw revelou que a luta correu o risco de não acontecer.

“Não quero falar sobre tudo o que aconteceu, mas eu tive um camp duro para essa luta. Eu não sabia se eu conseguiria lutar, mas alguns médicos me ajudaram. Eu fiquei internado por causa de uma bactéria muito forte, tomei antibiótico por 28 dias.”

Passado o sufoco e confirmada a manutenção do título, Dillashaw só pensa em tirar férias com a família. Sem entrar em detalhes sobre qual seria seu próximo passo na carreira, ele só disse que o desafio feito pelo novo campeão peso-mosca, Henry Cejudo, não está nos planos.

“Eu acho que o Cejudo provavelmente vai ter que dar uma revanche ao Demetrious Johnson, ele foi um campeão muito dominante, agora está 1 a 1, então veremos. Talvez ele esteja se apressando um pouco, mas eu sempre topo um desafio. Eu acho que eu o destruiria, então, por que não?”