Portal do Vale Tudo

De volta aos penas, Toninho Fúria busca segunda vitória no ACB: ‘Expectativa é lutar como nos bons tempos’

por: PVT | @portaldovt
em 6 de novembro de 2018

Brasileiro fará a sua quarta luta de MMA no evento russo, que será realizado este sábado em Moscou – Foto: Divulgação/ACB

Com mais de quarenta lutas no currículo, Gleristone Santos, o Toninho Fúria, já foi considerado o melhor peso pena em atividade no MMA nacional. Suas grandes atuações em solo verde e amarelo abriram caminho para que ele lutasse em eventos como Bellator, Titan e Road FC. Atualmente o paraibano de 30 anos tem contrato com o ACB (Absolute Championship Berkut) e tenta se firmar como um dos grandes nomes da organização. No próximo sábado, dia 10 de novembro, ele encara o russo Rasul Mirsaev pelo ACB 90, que será realizado na arena do CSKA, um dos maiores clubes de futebol da Rússia.

“Vou reestrear na categoria dos penas e a minha expectativa é lutar em alto nível, como nos bons tempos em que fui campeão no Brasil. Acredito que essa luta contra o Mirsaev será um grande teste pra mim. Eu e ele somos especialistas na trocação, mas talvez ele tente me derrubar nesta luta. Ele estava invicto depois de 17 combates, mas acabou perdendo em sua última luta, e eu acredito que isso possa quebrar a sua confiança em uma luta mais dura. E o que eu pretendo levar pra ele é exatamente isso, um combate duro e intenso”, disse o atleta da Pitbull Brothers.

Toninho, que possuiu um cartel com 34 vitórias e nove derrotas, já fez três lutas pelo evento russo, perdendo dois combates e vencendo apenas um. Mas todas as disputas foram em pesos combinados, tanto na vitória quanto nas derrotas. De volta a categoria onde se consagrou, Toninho espera um resultado diferente para seguir sua trajetória no ACB.

“Não me sinto pressionado por estar com um retrospecto negativo no evento. Até porque, as minhas duas derrotas foram em um peso combinado a pedido da organização. O ACB promove lutas de alto nível e é isso que eu faço, independente de resultado. Vencer é o meu objetivo, mas sei que fazendo uma grande luta não vou ficar desempregado”, encerrou.