Portal do Vale Tudo

‘Confraria da Porrada’ debate os fatos e os mitos da 1ª edição do UFC

por: PVT | @portaldovt
em 14 de novembro de 2018

Na última segunda-feira completou 25 anos da primeira edição do UFC, evento criado por Rorion Gracie para provar a eficiência do Jiu-Jitsu, arte marcial desenvolvida por sua família no início do século XX. Em 12 de novembro de 1992, seu irmão mais novo, Royce Gracie, superou três oponentes mais pesados, conquistou o título e consagrou a família em solo norte-americano.

Em homenagem a este importante acontecimento o “Confraria da Porrada” desta semana relembra a árdua saga de Rorion Gracie para difundir o Jiu-Jitsu na América, de chapeiro de lanchonete, passando por figurante de Hollywood até conseguir, depois de desafios na própria garagem e fitas VHS, promover o Ultimate Fighting Championship.

Por que Royce foi o escolhido para representar a família Gracie mesmo não sendo, naquela época, um membro da linha de frente? Por que o número 1 da família na época, Rickson Gracie, nunca lutou o UFC? Depois de Royce, qual foi o primeiro brasileiro a lutar no UFC? Essas e outras questões são debatidas no programa desta semana. Assista na íntegra no vídeo acima.

UFC 1

Denver, Colorado, EUA

Sexta-feira, 12 de novembro de 1993

Royce Gracie finalizou Gegard Gordeau com um mata-leão a 1:44 de luta

Jason DeLucia finalizou Trent Jenkins com um mata-leão aos 52 segundos de luta

Royce Gracie finalizou Ken Shamrock com um mata-leão aos 57 segundos de luta

Gegard Gordeau venceu Kevin Rosler por nocaute técnico (interrupção médica) aos 59 segundos de luta

Ken Shamrock finalizou Patrick Smith com uma leglock a 1:49 de luta

Royce Gracie venceu Art Jimmerson por desistência aos 2:18 de luta

Kevin Rosler venceu Zane Frazier por nocaute técnico (socos) aos 4:20 de luta

Gegard Gordeau venceu Teila Tull por nocaute técnico (chute alto) aos 26 segundos de luta