Portal do Vale Tudo

Conan responde declarações de Cyborg, e indaga: ‘Você quer proporcionar uma luta que todos querem ver?’

por: Leonardo Fabri | @Fabri89
em 12 de janeiro de 2018

Conan Silveira é o lídere da ATT- Foto: Divulgação

Depois de Cris Cyborg, em entrevista ao Combate.com na última quinta-feira, acusar Conan Silveira de ter traído sua pátria em troca de dinheiro, citando as polêmicas envolvendo o desafio de Amanda Nunes e as ofensas de Colby Covington ao povo brasileiro, foi a vez do líder da American Top Team rebater a campeã peso-pena do UFC.

“Primeiro te tudo, gostaria de repetir: tenho todo o respeito pela Cris Cyborg, pela campeã que ela é, pela lutadora que ela é. Dito isto, eu não entendi muito por que que ela começou a tomar essa direção de me fazer de alvo nessa discussão toda, envolvendo pessoas e países, assuntos que não têm nada a ver um com o outro”, disse em comunicado enviado ao PVT. “Eu nunca, em qualquer tipo de palavra que proferi – e nem foi diretamente a ela, foi sobre quem vencesse aquela luta – faltei com o respeito, insultei, nem ela e nem o time dela. Eu disse que seria, e com certeza, acontecendo, será, uma luta histórica, que vai marcar não só o MMA feminino, mas o esporte como um todo”.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

“Primeiro te tudo, gostaria de repetir: tenho todo o respeito pela Cris Cyborg, pela campeã que ela é, pela lutadora que ela é. Dito isto, eu não entendi muito por que que ela começou a tomar essa direção de me fazer de alvo nessa discussão toda, envolvendo pessoas e países, assuntos que não têm nada a ver um com o outro.

O assunto é Amanda x Cyborg, duas campeãs que estão no melhor de suas carreiras e têm condições, oportunidade de fazer uma luta histórica, a qual fãs, lutadores e o UFC querem assistir. Com certeza seria um evento histórico, as duas têm qualidade para isso.

É uma coisa normal, como aconteceu recentemente com o St-Pierre lutando contra o Michael Bisping, o McGregor lutando com o Mayweather, o Mayweather lutando com o Pacquiao. Os grandes campeões, os que querem fazer história, quando eles têm a oportunidade, eles têm que aproveitar, têm que se testar.

Eu nunca, em qualquer tipo de palavra que proferi – e nem foi diretamente a ela, foi sobre quem vencesse aquela luta – faltei com o respeito, insultei, nem ela e nem o time dela. Eu disse que seria, e com certeza, acontecendo, será, uma luta histórica, que vai marcar não só o MMA feminino, mas o esporte como um todo.

A verdade é que, no final, não sou eu e ela, é uma luta entre as melhores lutadoras do mundo. Lutar é o que elas fazem, esse é o trabalho delas. Por que não aproveitar ao máximo essa oportunidade e competir para ver quem sobe ao topo? A Amanda queria a vencedora de Holm x Cyborg. A questão é: Cris Cyborg, você quer se testar com a Amanda e proporcionar uma luta que todos querem ver? A Amanda está dentro”

Conan Silveira – Líder da American Top Team.