Portal do Vale Tudo

Com nove conquistas, Curitiba brilha na 4ª edição do “Oscar do MMA nacional”

por: Leonardo Fabri
em 13 de fevereiro de 2017

Eleito melhor treinador de e líder da equipe eleita a melhor de 2016, Cristiano Marcello comemorou muito as conquistas - Foto: Leonardo Fabri

Eleito melhor treinador de e líder da equipe eleita a melhor de 2016, Cristiano Marcello comemorou muito as conquistas – Foto: Leonardo Fabri

No último sábado a 4ª edição do Prêmio Osvaldo Paquetá consagrou os melhores do cenário do MMA nacional em 2016 via voto popular. Na cerimônia realizada no Rio de Janeiro, os destaques vieram de Curitiba, cidade dos maiores vencedores da noite. Atleta peso-mosca, Ariane Lipski faturou troféus em três categorias, incluindo a de melhor lutadora, mesma quantidade que a equipe CM System, fundada por Cristiano Marcello, eleito o melhor treinador.

Uma das principais capitais da luta em todo o mundo, Curitiba mostrou que a tradição segue firme. Individualmente, Ariane Lipski, de 23 anos e um cartel com oito vitórias e três derrotas, foi a maior premiada. Além do troféu de melhor lutadora, a peso-mosca também venceu nas categorias de melhor luta e melhor nocaute, ambos do duelo contra Juliana Werner com na 4ª edição do Imortal FC.

Coletivamente o destaque foi a CM System, fundada em 2009. Além de ter sido eleita a melhor equipe, ela também teve o melhor treinador, no caso, Cristiano Marcello, e melhor lutador, que foi o peso-pena de 22 anos Luan Miau, atualmente dono de um cartel de 10 vitórias e duas derrotas.

A capital paranaense ainda teve os vencedores nas categorias melhor árbitro, vencido por Charyanna Gamballe; melhor fotografia, feita por Cassiano Correira no também curitibano Smash Fight; e melhor ring girl, com a belíssima e garbosa Nicéia Pereira.

Honra ao mérito

Neto de Paquetá, Pedrinho recebeu a homenagem em nome do avô - Foto: Leonardo Fabri

Neto de Paquetá, Pedrinho recebeu a homenagem em nome ao avô – Foto: Leonardo Fabri

Tradicionalmente a premiação do “Oscar do MMA nacional” não consagra apenas os nomes em atividade, mas também figuras que contribuíram para o crescimento e fortalecimento do esporte no Brasil. O nome do prêmio, por si só, já é uma homenagem a uma das figuras mais amadas e fundamentais da modalidade, o faixa vermelha de jiu-jitsu Osvaldo Gomes da Rosa.

Na abertura da cerimônia deste ano foi mostrada num telão uma reportagem com Osvaldo Paquetá feita no início dos anos 2000. Na ocasião, Paquetá veste uma camisa com a foto de seu neto Pedro Costalonga, na época ainda um bebê, vestido de quimono. Orgulhoso, ele propõe lutas entre o netinho e os filhos de Vitor Belfort e Wanderlei Silva quando crescessem.

Em todas as edições, familiares do Paquetá recebem o troféu durante a premiação. Desta vez, o representante da família a subir no palco para receber a homenagem foi o próprio “Pedrinho Paquetá”, hoje com 13 anos de idade.

Viúva e filho do árbitro Alessandro Souza - Foto: Leonardo Fabri

Viúva e filho do árbitro Alessandro Souza – Foto: Leonardo Fabri

Falecido em janeiro do ano passado, o árbitro e membro da Liga Carioca de Muay Thai Alessandro Souza também foi lembrado em um dos momentos mais emocionantes da noite, quando sua viúva e seu filho subiram ao palco para receber a homenagem.

Mas nem todas as homenagens foram póstumas. O professor de boxe Claudio Coelho, da lendária academia Nobre Arte, localizada no alto do morro do Cantagalo, no Rio, também recebeu um troféu por todo o seu trabalho social e profissional desde o vale-tudo, quando, na época, uniu rivais do jiu-jitsu e da luta-livre em clima de paz em seu ringue.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

Ring Girl – Nicéia Pereira

Announcer – Fábio Leandro

Cutman – Equipe Knockdown

Árbitro Central – Charyanna Gamballe

Matéria – Breno Massena

Foto – Cassiano Correia – Smash Fight

Comunicador – André Azevedo

Video Maker – Gerinho Felix

Treinador – Cristiano Marcello

Equipe – CM System

Organização – Jungle Fight

Evento Revelação – Fight2Night

Edição – Jungle Fight 87

Reviravolta – Oton Jasse sobre Ricardo Maizena no WOCS 44

Troféu Honra ao Mérito – Homenageado Cláudio Coelho

Troféu Honra ao Mérito Cláudio Coelho – Família Paquetá

Troféu Honra ao Mérito Cláudio Coelho – Alessandro Souza

Luta – Julie Werner vs. Ariane Lipski no Imortal FC 4

Nocaute – Ariane Lipski sobre Julie Werner no Imortal FC 4

Finalização – Cássio Jacaré sobre Ronny Markes no Shooto 61

Atleta Revelação – Istela Nunes

Lutadora – Ariane Lipski

Lutador – Luan Miau