Portal do Vale Tudo

Cleiton Predador engata segunda vitória no Brave FC e sonha com disputa de cinturão

por: PVT | @portaldovt
em 11 de setembro de 2018

Após nocautear na estreia, lutador mostrou versatilidade ao finalizar seu oponente na Colômbia – Foto: Divulgação/Brave

Em 16 lutas de MMA, Cleiton da Silva, o Predador, conquistou 14 vitórias. Oriundo do Muay Thai, ele venceu a maioria de suas lutas por nocaute, mas aos poucos vem demonstrando ser um lutador completo. Depois de se destacar no cenário nacional, ele ganhou a oportunidade de lutar no Brave FC. Em sua estreia, venceu Ahmed Amir por nocaute. Já na sua segunda apresentação, ele mostrou o seu Jiu-Jitsu ao finalizar Pedro Colman com um mata-leão no Brave FC 15, realizado no dia 7 de setembro na cidade de Bucaramanga, na Colômbia.

“Venci a maioria das minhas lutas por nocaute, mas essa última no Brave fizemos uma estratégia diferente. O meu adversário só tinha a trocação, sabíamos que o chão dele era muito ruim, então traçamos a estratégia de colocá-lo para o chão e usar o Jiu-Jitsu. Imaginávamos que fosse uma finalização rápida. E foi o que aconteceu”, disse o atleta da MTK Global.

Com duas grandes apresentações, o mineiro se aproxima cada vez mais de uma disputa de cinturão da organização. Predador acredita que, caso conquiste mais uma vitória, poderá receber a oportunidade pelo título.

“Essa foi a minha segunda vitória no Brave. Acredito que estou próximo do cinturão, estou mostrando serviço e me credenciando para que isso aconteça. Eu quero muito esse cinturão. Acredito que conquistando mais uma vitória no evento, eu ganhe essa oportunidade”, analisou Predador.

O atleta da MTK Global quer voltar a lutar em dezembro, quando o Brave deve realizar um evento na África do Sul.

“Eu pedi para lutar em dezembro na África do Sul. O Predador caçou no Brasil, caçou na Colômbia e agora quer ter o prazer de caçar na África”, encerrou.