download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk



Jungle Comunidade SP é antecipado para 9 de agosto e terá inscrições pela internet

A próxima edição do Jungle Comunidade sofreu uma alteração no calendário e foi antecipada para o dia 9 de agosto. O evento, que será realizado pela primeira vez em São Paulo - ainda sem local definido -, também terá uma novidade interessante. O card será formulado através de uma lista de lutadores enviada ao e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
 
Para concorrer, os interessados deverão enviar uma mensagem para o endereço citado com as seguintes informações: nome, idade, comunidade em que vive e o cartel de lutas (vitórias e derrotas). As únicas restrições são que o atleta seja maior de 18 anos e morador de alguma comunidade paulista. 
 
O Jungle Comunidade - São Paulo é uma parceria entre Wallid Ismail, ex-atleta e presidente do Jungle Fight, e a Secretária Municipal de Esportes de São Paulo. O evento dá sequência ao trabalho social realizado desde o início do ano, após duas edições de sucesso na Central Única das Favelas (CUFA), no Rio de Janeiro. 
 
"É muito importante massificar o esporte como instrumento de desenvolvimento e inserção social dos nossos jovens. As artes marciais estabelecem códigos de conduta, conferindo senso de disciplina e forjando cidadãos, por isso vejo com muita alegria este trabalho do Wallid (Ismail)", afirma Campos Machado, um dos idealizadores do Jungle Comunidade São Paulo. 
 
Além de ajudar no desenvolvimento e na inclusão social dentro das comunidades, o Jungle Comunidade serve como uma plataforma para a descoberta de novos talentos e a massificação do MMA nestes locais.  
 
"Nossa ideia é mudar a vida dessas pessoas através das lutas. Esse é o principal ponto do nosso projeto. Mas, ao mesmo tempo, fazemos um benefício ao MMA, porque nas favelas existem grandes atletas que precisam apenas de uma oportunidade. Tenho certeza que grandes nomes vão sair do Jungle Comunidade, como já saíram outras vezes", explica Wallid.
Leia mais ...

Novo campeão do Jungle Fight, Elizeu Capoeira atribui crescimento à CM System e se projeta no UFC

No último sábado, Elizeu Capoeira emplacou sua 13ª vitória na carreira, a terceira seguida e conquistou o cinturão meio médio do Jungle Fight, vago desde a saída de Rodrigo Monstro para o UFC, com nocaute técnico - seu 11º na carreira - no primeiro round sobre Itamar Rosa. Em entrevista exclusiva ao PVT, Elizeu admitiu surpresa pela maneira como definiu o duelo.

"A luta foi mais rápida do que eu esperava, achava que ia até para três rounds. Estudei muito meu adversário, sabia que ele tinha uma boa mão, uma boa trocação e tinha aquele chute de direita, que foi o que eu quis explorar: pegar ele no contragolpe, no momento que ele fosse chutar de direita, que achei que seria o ponto mais forte dele. Foi o que aconteceu. Consegui encaixar a mão no momento em que ele foi chutar e desferi vários golpes levando o nocaute técnico. Realmente me surpreendeu por ter sido tão rápido, achei que, pelo fato de estar estudando ele um pouco mais no começo da luta, ia ser uma luta um pouco mais acirrada. Fiquei muito contente de ter conseguido finalizar a luta o mais rápido possível".

Com o cinturão em mãos, o atleta admitiu que não tem pressa, mas sonha em chegar ao UFC, onde estão, além do ex-detentor de seu atual cinturão, outros atletas que já enfrentou na carreira, como Guilherme Bomba e Viscardi Andrade.

"Acho que o sonho de todo lutador é estar no maior evento do mundo, mas o meu objetivo agora era mesmo conquistar o cinturão do Jungle Fight, que é o maior evento da América Latina. Tendo conquistado esse sonho, esse objetivo que eu tinha, agora o que vier é consequência. Com certeza será a maior satisfação e a realização de um grande sonho lutar no UFC. Mas, como eu disse, é consequência; se tiver que ser, vai ser muito satisfatório para mim".

Capoeira atribuiu ainda seu amadurecimento como lutador à equipe que defende atualmente, a CM System, liderada pelo ex-Pride e UFC, Cristiano Marcello.

"Faz três anos que faço parte da equipe da CM System. Já cheguei como lutador, mas como um lutador bem cru. Vim mesmo para ficar mais forte e me especializar mais nas artes marciais. Tinha algumas lutas, mas onde me interei mesmo foi na CM System, onde comecei a treinar forte e me dedicar, até porque o wrestling eu nunca tinha treinado, até o próprio MMA específico eu nunca tinha treinado. Só comecei a treinar depois que vim para a CM System".

Leia mais ...

Elizeu Capoeira e Renato Moicano conquistam cinturões no Jungle Fight 71

A 71ª edição do Jungle Fight, realizada no último sábado no Ginásio do Canindé, em São Paulo, teve como destaques os dois novos detentores de cinturões da organização. Nas duas lutas principais, Elizeu Capoeira e Renato Moicano venceram Itamar Rosa e Ismael Marreta e se consagraram campeão meio médio e peso pena interino, respectivamente.

Título na cintura e anel no dedo

O histórico profissional de Renato Moicano está profundamente atrelado ao Jungle Fight e, a partir do último sábado, a vida pessoal do lutador também. Com sete vitórias no cartel, todas conquistadas pelo Jungle, Renato subiu ao cage circular para defender sua invencibilidade contra Ismael Marreta, com o título interino do peso pena em jogo, após a lesão de Alexandre Capitão às vésperas do combate. Decidido a definir o combate de forma breve, Moicano partiu para cima de Marreta com sequências de golpes terminadas em tentativas de queda desde o primeiro minuto. Após algumas tentativas frustradas, o atleta da Constrictor Team conseguiu boa posição nas costas do adversário e, mesmo com uma das mãos presa por Marreta, colocou seu antebraço direito no pescoço do adversário e o obrigou a desistir com um mata leão de um braço só. Emocionado ao final do combate, Moicano tentou aliar o próximo passo na carreira e na vida e, aos gritos de "agora é UFC" na torcida, pediu a mão da namorada Priscila em casamento em entrevista após o duelo. Devido à ausência da moça no evento, a resposta ficou em aberto.

Sob os olhares de treinadores consagrados, Capoeira atropela Itamar

Candidatos ao título de campeão meio médio do Jungle, vago desde a saída de Rodrigo Monstro para o UFC, Itamar Rosa e Elizeu Capoeira não podem reclamar da assessoria que tiveram para o combate. Do lado de Elizeu, o ex-UFC e Pride Cristiano Marcello é quem dava as instruções. Já no corner de Itamar estava ninguém mais, ninguém menos que a lenda Rodrigo Minotauro. Dentro do cage, os atletas passaram o início do duelo medindo a distância e estudando um ao outro antes de tomar qualquer atitude. Entretanto, quando Elizeu foi para cima do adversário, foi de forma decidida e avassaladora. Com uma sequência impressionante de socos, Elizeu encurralou Itamar na grade e só parou de bater com a intervenção do árbitro, conquistando um nocaute ainda no primeiro assalto.

Confira o resultado de todas as lutas do evento.

Jungle Fight 71

Ginásio do Canindé, São Paulo

Sábado, 19 de julho

Renato Moicano venceu Ismael Marreta por finalização no 1º round

Elizeu Capoeira venceu Itamar Rosa por nocaute técnico no 1º round

Fabiano Soldado venceu Bruno Beirute por nocaute técnico no 1º round

José Suavecito venceu Guilherme Henrique por nocaute no 1º round

Ciro Bad Boy venceu Lucio Curado por decisão unânime

Gaston Manzur venceu Ismael Vasquez por finalização no 2º round

David Tatá venceu Diego Faísca por decisão unânime

Marcus Nuguete venceu Rene Soldado por nocaute técnico no 2º round

Erick Parrudo venceu João Picirilo por nocaute técnico no 2º round

Leia mais ...

Jungle Fight retorna a São Paulo na edição 71 com duas disputas de cinturão este sábado

Pouco mais de três meses após realizar seu último evento na capital paulista, o Jungle Fight retorna à cidade cinza neste sábado com sua edição de número 71, em card que terá, em suas duas lutas principais, duelos por cinturões da organização no Ginásio do Canindé.

Pelos meio médios, Itamar Rosa e Elizeu Capoeira disputam o título, vago desde a saída do então campeão Rodrigo Monstro para o UFC. Enquanto Itamar não entra no cage há mais de um ano, quando venceu Douglas del Rio por nocaute no Jungle 50, Capoeira já faz sua segunda luta no ano, tendo vencido Rodrigo Souza em fevereiro. A última derrota de ambos foi para atletas já contratados pelo UFC: Ildemar Marajó e Guilherme Bomba, respectivamente.

Já pelos pesos pena, Renato Moicano, invicto e com todas as sete vitórias da carreira conquistadas no Jungle Fight, enfrenta Ismael Marreta na disputa do cinturão interino da divisão, após a lesão de Alexandre Capitão, que o afastou do evento.

Confira o card completo do Jungle Fight 71, que acontece a partir das 20h30.

Jungle Fight 71
 
Ginásio do Canindé, São Paulo
 
19 de julho, a partir das 20h30
 
Renato "Moicano" x  Ismael "Marreta" Bonfim (pelo cinturão interino peso pena)
 
Itamar Rosa x Elizeu Capoeira (pelo cinturão meio médio)
 
Bruno "Beirute" Tavares x Fabiano Soldado
 
José "Suavecito" Diaz x Bruno Alvares "Sorrizinho"
 
Ciro "Bad Boy " x Lucio Curado
 
Ismael Vasquez Segura x Gaston Manzur
 
Diego "Faisca" Duarte x David "Tata" da Silva
 
Rene "Soldado" Pessoa x Marcus Nuguete Vinicius
 
Adversário indefinido x Fabiano"Jacarezinho" da Conceição
 
Erick "Parrudo" Barbosa x João Picirilo

 

Leia mais ...

Cristiano Marcello vê aluno Elizeu Capoeira pronto para ser campeão do Jungle Fight e migrar para o UFC

Em card com duas disputas de cinturão neste sábado, Itamar Rosa e Elizeu Capoeira lutam pelo título dos meio médios no Jungle Fight 71, em São Paulo. Em entrevista exclusiva ao PVT, o treinador de Elizeu, Cristiano Marcello, falou sobre o combate.

"O adversário dele é um cara que eu já vi lutar algumas vezes. É um cara duro, vai valorizar bastante, mas acredito que, com todo respeito que a gente tem, sabe que do outro lado vai vir pedreira, mas acho que o Elizeu tem todos os requisitos para sair vencedor tanto em pé, quanto na parte de wrestling, como no chão. Acredito em uma vitória do Elizeu em qualquer área que a luta se desenrolar".

Ex-lutador do Pride e do UFC, Cristiano se mostrou otimista sobre as chances de o aluno seguir os passos de ex-campeões do Jungle como Elias Silvério, Erick Silva, Kevin Souza, Tiago Trator, Ivan Batman e Rodrigo Monstro e galgar sua vaga na maior organização de MMA do mundo caso vença o duelo de sábado.

"O Elizeu é um atleta realmente muito bem preparado, ele está no nível de disputar o cinturão do Jungle, que é um dos melhores eventos do mundo. É dali para o UFC, para o maior evento do mundo. Ele está pronto e vai mostrar isso no sábado trazendo esse cinturão para a CM System. (Está) Desde o começo comigo até este grande passo, que é o cinturão do Jungle. A gente está indo para buscar, vai conquistar esse cinturão e mostrar para o mundo do MMA que tem mais um casca grossa chegando", falou Cristiano, "O Jungle Fight é o evento no Brasil que mais bota atletas no UFC e acho que não vai ser diferente até pela qualidade técnica que o Elizeu tem. Acho que ele está pronto, o momento é esse e vamos que vamos. Ganhando, acredito que, em pouco tempo, ele vá para o UFC".

Jungle Fight 71
 
Ginásio do Canindé, São Paulo
 
19 de julho, a partir das 20h30
 
Renato "Moicano" x  Ismael "Marreta" Bonfim (pelo cinturão interino peso pena)
 
Itamar Rosa x Elizeu Capoeira (pelo cinturão meio médio)
 
Bruno "Beirute" Tavares x Fabiano Soldado
 
José "Suavecito" Diaz x Bruno Alvares "Sorrizinho"
 
Ciro "Bad Boy " x Lucio Curado
 
Ismael Vasquez Segura x Gaston Manzur
 
Diego "Faisca" Duarte x David "Tata" da Silva
 
Rene "Soldado" Pessoa x Marcus Nuguete Vinicius
 
Erick "Parrudo" Barbosa x João Picirilo
Leia mais ...

Jungle Comunidade desembarca em São Paulo em setembro

Dando sequência ao trabalho social realizado desde o início do ano, o Jungle Fight fará mais um evento voltado para moradores de comunidades de todo o Brasil. Desta vez, o palco será a cidade de São Paulo, que receberá, dia 6 de setembro, o Jungle Comunidade – São Paulo. O evento é uma parceria com a Secretária Municipal de Esportes local. 

Somente neste ano, o Jungle Fight organizou outras duas edições deste tipo, ambas em Madureira, no Rio de Janeiro. O grande destaque foi o morador da favela de São Jorge, em Manaus, Paulinho Capoeira. O lutador, que abandonou o emprego de atendente em uma rede de fast food para estrear na competição, brilhou com um belo nocaute sobre Marcus Vinícius "Cabecinha" e uma vitória dominante diante de Antônio Silva "Ceará". 

A história do lutador manauara define bem o que Wallid Ismail espera do Jungle Comunidade: ajudar no desenvolvimento social dos moradores de favelas e descobrir novos talentos para o MMA.

"Estou muito feliz em poder fazer essa parceria com o Campos Machado e o Celso Jatene e levarmos esse grande projeto a São Paulo. Eles entenderam a importância de usarmos o MMA como uma ferramenta de inclusão social e resolveram entrar nessa comigo. Já fizemos duas vezes no Rio de Janeiro este ano e foi um sucesso absoluto. Tenho certeza que dessa vez não será diferente", afirmou Wallid. 

Antes do Jungle Comunidade São Paulo, porém, o evento desembarca, neste sábado (19), na capital paulista, com a edição de número 71. A luta principal será entre Ismael Marreta e Renato Moicano, valendo o cinturão interino dos pesos-penas (até 66kg). No co-evento, outra de título. Nesta, entre os pesos-meio-médios (até 77kg), Itamar Rosa e Elizeu Capoeira.  

Leia mais ...

Wallid Ismail revela não ter medo de disputa por espaço na TV entre Jungle Fight e UFC

Parceiro da rádio Jovem Pan, o criador do Jungle Fight, Wallid Ismail, concedeu entrevista ao programa Pânico nesta sexta-feira para promover o Jungle 71, que acontece em São Paulo no próximo dia 19 de julho. Entre outros temas, Wallid reforçou a boa relação que tem com o UFC, se declarou "aliado" de Lorenzo Fertitta e descartou a possibilidade de uma briga entre as duas organizações por espaço na televisão.
 
"Sou fã do UFC e os atletas que lutam o Jungle Fight, quando vão para o UFC, dão show, isso é muito bacana. Não fazemos cartel negativo como muitos eventos fazem por aí".
 
O ex-lutador contou também o objetivo de "transformar o Brasil não mais em país do futebol, mas sim, no país da luta".
 
“Hoje todos encaram o MMA como esporte. Tem dinheiro na mesa, a molecada que luta quer dar uma condição melhor para a família, então por isso não tem raiva dos seus adversários. Brasileiro é guerreiro por natureza! Eu nunca curti futebol. No jogo contra a Colômbia, na Copa, por exemplo, se fosse MMA, todo mundo sairia de olho roxo. Mas não tem sangue, os caras tiveram que ficar lá aguentando 90 minutos e deu no que deu”, disse Wallid se referindo à falta recebida por Neymar, que tirou o destaque brasileiro da competição.
  
Jungle Fight 71
 
Ginásio do Canindé, São Paulo
 
19 de julho, a partir das 20h30
 
Renato "Moicano" x  Ismael "Marreta" Bonfim (pelo cinturão interino peso pena)
 
Itamar Rosa x Elizeu Capoeira (pelo cinturão meio médio)
 
Bruno "Beirute" Tavares x Fabiano Soldado
 
José "Suavecito" Diaz x Bruno Alvares "Sorrizinho"
 
Ciro "Bad Boy " x Lucio Curado
 
Ismael Vasquez Segura x Gaston Manzur
 
Diego "Faisca" Duarte x David "Tata" da Silva
 
Rene "Soldado" Pessoa x Marcus Nuguete Vinicius
 
Adversário indefinido x Fabiano"Jacarezinho" da Conceição
 
Erick "Parrudo" Barbosa x João Picirilo
 

Confira abaixo na íntegra a entrevista de Wallid Ismail para o Pânico.

 

Leia mais ...

Capoeira mostra confiança antes de duelo no Jungle Cufa

O principal destaque da última edição do Jungle Cufa, realizada no início de março, foi o manauara Paulinho Capoeira. Em sua estreia pela organização, o peso-mosca (até 57kg) surpreendeu e nocauteou o ex-desafiante ao cinturão Marcus Vinícius "Cabecinha. Além dos elogios, a performance rendeu ao lutador a oportunidade de fazer o duelo principal do evento deste sábado (17), no tradicional bairro de Madureira, no Rio de Janeiro. 

O adversário do manauara será o atleta da X-Gym Antônio Silva "Ceará", que também se apresentou na última edição do Jungle Cufa e venceu o peruano Jerry Tolentino. Paulinho recorda-se de ter visto luta do rival, e garante não ter ficado impressionado na ocasião. 

"Analisei a última luta dele, e não vi nada demais. A luta foi muito agarrada, eles pareciam cansados. Vamos ver se ele vem diferente para essa. Mas o que importa é que eu sei que estou muito bem preparado para essa luta e se tudo der certo vou conseguir mais um nocaute", afirma Paulinho.

Antes de estrear no Jungle, Paulinho dividia o tempo entre os treinos e o trabalho como atendente em uma rede de fast food. A decisão de largar o emprego e dedicar-se exclusivamente ao MMA veio no fim de 2013, e não foi nada fácil. Porém, hoje, o lutador relembra a situação com orgulho e a certeza de ter feito a escolha certa.

"Fiquei três anos lá, até que percebi que se eu quisesse ir longe no MMA precisaria me dedicar só nisso. Não foi nada fácil, pensei muito, mas acho que fiz a coisa certa. Logo depois disso, consegui uma grande vitória no Jungle, cheguei para aquela luta muito bem preparado, me sentia mais forte mesmo. Tudo fruto de mais dedicação, mais foco", explica o atleta, que tem 30 anos e é pai de três filhos.

Paulinho também exaltou a qualidade dos treinamentos em Manaus, onde recebe ajuda de outros atletas do Jungle Fight, como o campeão dos pesos-penas, Alexandre "Capitão", e os ex-campeões Mário Israel e Rayner Silva.

"A preparação foi ótima, o Capitão e o Rayner que vão estar no meu córner no dia da luta, me ajudaram bastante. Também treinei muito com o Jean Sobral e o Sandro Gomes. Podem esperar um lutador ainda melhor nesse sábado".  

O Jungle Cufa será realizado no ginásio da Central Única das Favelas, localizada sob o Viaduto Negrão de Lima, em Madureira (RJ). O início está previsto para 20h30, com transmissão, ao vivo, do canal Combate. A entrada é franca, e os ingressos podem ser retirados, a partir desta sexta-feira, em três lojas lojas Ortobom (confira os endereços abaixo). 

Lojas Ortobom

Av. Edgard Romero, 309 

Estrada do Portela, 48 

Estrada do Portela, 237 

Jungle Cufa

Local: Viaduto Negrão de Lima, Madureira (RJ)

Data: 17 de maio de 2014

Horário: 20h30 

Card oficial:

Paulinho "Capoeira" de Oliveira (Orion Fight)  x Antonio "Ceara" da Silva (XGYM) - 57 kg 

Jorge Filho "Jorginho" (War Machine)  x  Antonio Bastos Junior (Rio Fighters) - 84 kg 

Rafael "Leitão" Pereira  (Clayton Mangueira Team)  x José Claudio "Paraiba" (Relma Team) - 66 kg 

Diogo Silva (Xgym)  x Anderson Rodrigo (Beto Padilha Team) - 61 kg 

Atila "Cara de Pedra " Lourenço (Infight)  x Rafael  Souza  (Clayton Mangueira Team)  -  61 kg 

Cleberson "Menor"  (Pejor)  x  Rafael de Lima (Equipe IFC) - 57 kg 

Carlos Roberto (Caverna Team)   x  Fabiano Verediano  (Equipe IFC)  - 70 kg 

André Negrito (LPV/ Jorge Turco) x Rodrigo Paulo (Beto Padilha Team - 70 kg

Leia mais ...

Katchal derrota Rayner e é o novo campeão dos moscas no Jungle Fight

Revelação de Belém, Nildo Katchal foi o grande destaque do Jungle Fight 69, realizado neste sábado em Itu (SP). O evento lotou as dependências do Ginásio Municipal Prudente de Moraes, e o público conferiu bem de perto as sete disputas da noite, incluindo o duelo pelo cinturão dos moscas, com Katchal encarando o campeão Rayner Silva na luta principal do show.

O combate pelo título foi quente desde o início, com os lutadores buscando a troca franca de golpes o tempo todo. Com a mão e chutes mais pesados, Katchal foi melhor do que o campeão já nos primeiros momentos de trocação. No segundo round, o atleta paraense manteve a pressão e conseguiu decidir com uma saraivada de golpes, conquistando o nocaute técnico. Com a vitória, Katchal é o novo campeão peso mosca do Jungle.

“Fiquei muito feliz com essa grande atuação, e estou realizando um sonho sendo campeão do Jungle. Estarei pronto pra qualquer desafio que o Wallid Ismail colocar em cima do cage para mim”, vibrou o novo campeão.

Outro destaque da noite foi Fabiano Jacarezinho. Com Ronaldo Jacaré em seu córner, o atleta da X-Gym partiu logo para decidir no duelo contra Rivaldo Junior. Após acertar um certeiro golpe de direita, levando seu adversário a knockdown, Jacarezinho emendou uma sequencia de socos no chão, garantindo a vitória por nocaute.

Em um de seus melhores shows, onde todas as lutas foram definidas antes de chegar na decisão dos jurados, o Jungle 69 contou ainda com vitórias rápidas de Douglas Bertazini e Reginaldo Vieira. Douglas passou pelo experiente Paulo Boiko por nocaute técnico, enquanto Reginaldo finalizou o duro Lincon Sá, ambos no primeiro round.

Jungle Fight 69

03/05/2014

Itu, SP

Nildo Katchal venceu Rayner Silva por TKO no 2º round;

Fabiano Jacarezinho venceu Rivaldo Junior por KO no 1º round;

Cristian Quinonez venceu Gaston Manzur por desistência no intervalo do 2rd para o 3rd

Reginaldo Vieira venceu Lincon Sá com uma guilhotina ao 1m07s do 1rd

José "Suavezito" venceu João Paulo com um triângulo no 3rd

Douglas Bertazini venceu Paulo Boiko por TKO no 1rd

Ismael Marreta venceu Leonardo Tangerina por TKO no 3rd

Leia mais ...

Jungle Fight 69 tem disputa de título dos Moscas; Wallid apresenta novo cinturão

O Ginásio Municipal Prudente de Moraes, em Itu (SP), recebe, neste sábado, o Jungle Fight 69. O evento terá como atração principal o duelo pelo cinturão dos pesos moscas, onde Rayner Silva colocará seu título em jogo contra Nildo Katchal.

A pesagem oficial dos lutadores foi realizada na tarde desta sexta-feira. Três atletas ficaram acima do peso e sofreram punições. Reginaldo Silva (57kg), Gáston (61kg) Manzur e Fabiano Jacarezinho (61kg) estiveram mais de 1kg acima dos respectivos limites das categorias, e, além de perderem 20% da bolsa, iniciarão o combate com dois pontos a menos. 

“Estou muito empolgado com o evento desta noite”, disse Wallid Ismail, “Esses guerreiros conhecem o espírito do Jungle e por isso fazem grandes lutas. O público que for ao ginásio ou que assistir pela tevê vai ver lutas incríveis. Vai ser demais”.

Durante a pesagem, Wallid apresentou o novo cinturão do Jungle Fight, já em disputa esta noite no duelo entre Rayner e Katchal.  

O Jungle Fight 69 será transmitido, ao vivo, pelo SporTV e canal Combate, para todo o Brasil, a partir das 21h30.

Jungle Fight 69

Data: 03/05/2014

Horário: 21h30

Local: Ginásio Municipal Prudente de Moraes - Itu (SP)

Transmissão (ao vivo): SporTV e Combate 

Card Completo (peso atingido): 

Rayner Silva (57,1kg) x Nildo Katchal (56,8kg) - cinturão 57 kg 

Fabiano "Jacarezinho" da Conceição (62,8kg)* x Rivaldo JR (61,2kg) - 61 kg

Cristian Navarro (61,1kg) x Gaston Manzur (63kg)* - 61kg

Lincoln "Cowboy" de Sá (56,8kg) x Reginaldo Vieira (58,3kg)* - 57 kg 

José "Suavezito" Dias (76,1kg) x João Paulo (76,9kg) - 77 kg

Paulo Roberto "Boiko" (84kg) x Douglas Bertazini (84kg) 84 kg

Ismael "Marreta" Bonfim (66,1kg) X Leonardo "Tangerina" Carvalho (65,7kg) - 66kg

*Lutadores perderam 20% da bolsa e dois pontos na luta

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Login or Register

Facebook user?

You can use your Facebook account to sign into our site.

fb iconLog in with Facebook

LOG IN

Register

User Registration