download theme

Bonus for new user http://bet365.artbetting.gr 100% bonus by bet365.

bet365.artbetting.co.uk


Jungle Fight fecha o ano com duas disputas de cinturões no próximo dia 18, em Belém

Para fechar o ano de 2014 com chave de ouro, o Jungle Fight promoverá um evento no próximo dia 18, em Belém-PA, novamente, com duas disputas de cinturões. Nildo Katchal, campeão dos pesos-moscas (até 57kg) e Elizeu Capoeira, campeão dos meio-médios (até 77kg), defendem os respectivos cinturões contra Wylk Leandro e Eduardo Camelo. 
 
"Vamos fechar o ano com tudo, o card está muito bom. Fizemos questão de colocar os melhores para lutar. O Nildo (Katchal) e o Elizeu (Capoeira) são grandes lutadores, são duas realidades do MMA mundial e estou muito ansioso para vê-los nessa primeira defesa de cinturão. Além deles vamos ter o ex-campeão Rayner Silva e vários outros atletas de ponta. Tenho certeza que será um grande show", afirmou Wallid Ismail, ex-atleta e presidente do evento.  
 
Quem também se mostrou empolgado com o evento foi Giovanni Maiorana, presidente de honra do Jungle Fight em Belém.
 
"Estamos preparando uma grande estrutura para esse show, tenho certeza que os paraenses vão lotar o ginásio UEPA para apoiar os talentos do Pará. O estado já teve há pouco tempo três campeões do Jungle, o Nildo, Rodrigo Monstro e Larissa, que foram para o UFC. Essa população respira o MMA, o amor pelo esporte é incrível", afirmou Giovanni Maiorana.
 
O duelo principal será o de Nildo Katchal, que é natural de Belém e deverá contar com uma grande torcida a seu favor. O atleta, de 25 anos, conquistou o cinturão no Jungle Fight 69, em maio, após vitória sobre Rayner Silva. Seu cartel é de seis vitórias, uma derrota e um "no contest" (sem resultado). Já Wylk Leandro, que fará a sua estreia na organização, possui um cartel de 10 vitórias e uma derrota.
 
A outra estrela da noite, o paranaense Elizeu Capoeira possui um cartel de 13 vitórias e quatro derrotas, e é considerado um nocauteador nato. Foi desta forma que ele superou Itamar Rosa e ficou com o cinturão dos meio-médios, no Jungle Fight 71, em julho. No entanto, para manter o título, Elizeu terá que fazer o que ninguém jamais conseguiu: vencer Eduardo Camelo, que está invicto na carreira, com nove triunfos.
 
Outras cinco lutas já estão confirmadas, incluindo o ex-campeão Rayner Silva, que enfrenta Deivison Alcântara. Este será o primeiro combate do atleta de Manaus após a perda do cinturão. Confira abaixo o card completo:
 
Jungle Fight 75
Local: Belém, Pará
Data: 18/12/2014
Transmissão: Combate, ESPN e SporTV
 
Nildo Katchal (Roxo Striker) vs Wylk Leandro (Domínio JJ/ Black House/ Attak Team) - Cinturão até 57kg
 
Elizeu Capoeira (CM System) vs Eduardo Camelo (Coalizão Team) - Cinturão ate 77kg
 
Lucas Nunes (Marajó Brothers) vs Gaston Manzur (Niguel Team/Chile) - até 61kg
 
Roberto "Carioca" Silva (Marajó Brothers) vs Jamil Silveira (Dragon Fight/Nova União) - até 66kg
 
Tyago Buda(Pitbull Brother) vs Luis Lobato (Lobato Team) - até 84kg
 
Deiveson "Daico" Alcântara (Coalizão Team) vs Rayner Silva (Oreon Fight) - até 57kg
 
Rafael Alves (Marajó Brothers) vs Samuel Paiva (Dragões Negros) - até 66kg
Leia mais ...

Em último evento de 2014, Jungle Fight coloca dois cinturões em disputa no Pará

No último evento do ano, agendado para o dia 18 de dezembro em Belém, no Pará, o Jungle Fight coloca em disputa os cinturões dos pesos mosca e meio médio, com as lutas entre Nildo Katchal x Wylk Leandro e Elizeu Capoeira x Eduardo Camelo, respectivamente.
 
"Vamos fechar o ano com tudo, o card está muito bom. Fizemos questão de colocar os melhores para lutar. O Nildo (Katchal) e o Elizeu (Capoeira) são grandes lutadores, são duas realidades do MMA mundial e estou muito ansioso para vê-los nessa primeira defesa de cinturão. Além deles, vamos ter o ex-campeão Rayner Silva e vários outros atletas de ponta. Tenho certeza que será um grande show", afirmou Wallid Ismail, presidente do evento.  
 
O duelo principal será o do atleta da casa Nildo Katchal, que deverá contar com uma grande torcida a seu favor. O lutador de 25 anos conquistou o cinturão no Jungle Fight 69, em maio, após vitória sobre Rayner Silva. Seu cartel é de seis vitórias, uma derrota e um "no contest". Já Wylk Leandro, que fará a sua estreia na organização, possui um cartel de 10 vitórias e uma derrota na carreira.
 
A outra estrela da noite, o paranaense Elizeu Capoeira possui um cartel de 13 vitórias e quatro derrotas, e é considerado um nocauteador nato. Foi desta forma que ele superou Itamar Rosa e ficou com o cinturão dos meio-médios, no Jungle Fight 71, em julho. No entanto, para manter o título, Elizeu terá que fazer o que ninguém jamais conseguiu: vencer Eduardo Camelo, que está invicto na carreira, com nove triunfos.
 
Outras cinco lutas já estão confirmadas, incluindo o ex-campeão Rayner Silva, que enfrenta Deivison Alcântara. Este será o primeiro combate do atleta de Manaus após a perda do cinturão. O evento será transmitido pelos canais Combate, ESPN e SporTV.
 
Jungle Fight 75
 
Quinta-feira, 18 de dezembro
 
Belém, Pará
 
 
Nildo Katchal x Wylk Leandro (pelo cinturão peso mosca)
 
Elizeu Capoeira x Eduardo Camelo (pelo cinturão peso meio médio)
 
Lucas Nunes x Gaston Manzur
 
Roberto "Carioca" Silva x Jamil Silveira
 
Tyago Buda x Luis Lobato
 
Deiveson "Daico" Alcântara x Rayner Silva
 
Rafael Alves x Samuel Paiva
Leia mais ...

Jungle Fight 74 coroa Júnior Alpha e Dirlei Mão de Pedra campeões médio e meio pesado

O Jungle Fight colocou em disputa neste sábado, em São Paulo, os cinturões dos pesos médio e meio pesados da organização, que estavam vagos, e conheceu dois novos campeões da organização: Júnior Alpha, até 84 quilos, e Dirlei Mão de Pedra, até 93. 

Dirlei poupa Mão de Pedra e se aproveita da confiança de argentino no jiu jitsu

A luta principal do evento foi um confronto Brasil x Argentina entre o gaúcho Dirlei Broenstrup e o argentino Martin "La Maquina" Ottaviano. A princípio, a proposta de ambos era clara: enquanto o brasileiro buscaria a trocação, o argentino tentaria levar a luta para o solo. O que ninguém esperava é que Martin estivesse tão determinado a usar seu jiu jitsu, que puxasse Dirlei para dentro de sua guarda em diversas ocasiões. Atento às instruções de seu corner, que o alertava para a movimentação do argentino no chão, Dirlei aceitou a luta e passou grande parte dos 15 minutos de combate pontuando com um ground and pound tímido, e neutralizando o adversário no solo. No fim, vitória de forma unânime nos três rounds para o brasileiro.

Explosivo e contundente, Júnior Alpha leva cinturão sem suar

Assessorado por Yuri Carlton, o baiano Júnior Alpha não quis saber de estudar Douglas Bertazini no cage antes de partir para definir a luta que valia o cinturão dos médios, vago desde a ida de Ildemar Marajó para o UFC. Logo nos primeiros instantes, Júnior colocou uma mão em cheio no rosto de Bertazini e percebeu a hesitação do adversário. Como um animal que sente o cheiro do sangue de sua presa, ele não parou mais de agredir até que Douglas fosse para o chão sem condições de continuar o duelo, conquistando um rápido e impressionante nocaute.

Jiu jitsu prevalece no restante do card principal

Assim como a vitória de Júnior Alpha, as três lutas que antecederam as disputas de cinturão do Jungle terminaram rapidamente, todas no primeiro assalto e, mais coincidentemente ainda, todas por finalização. Bruno Beirute, Jhonatan Bombeiro e Bruno Lopes mostraram um conhecimento no jogo de chão significativamente superior ao de seus adversários, Rodrigo Romano, José Armoa e William Curaça, respectivamente, e não tiveram problemas para vencerem seus duelos com a luta de chão.

Em segunda luta profissional, jovem volta a impressionar e é destaque do evento

O peso médio Quemuel Ottoni estreou profissionalmente no MMA em agosto, pelo próprio Jungle, e nocauteou Jesus Ferreira da Rocha com pouco mais de um minuto de luta, mostrando boa postura na luta em pé. Neste sábado, Ottoni voltou ao cage e novamente impressionou. Ele começou a luta contra Carlos "Guarda", da Chute Boxe de Ourinhos, buscando a luta agarrada, mas, tendo a primeira investida frustrada, aceitou a trocação e mostrou que a opção foi certa. Fazendo ótimo uso da longa envergadura e com boa esquiva, ele machucou o rosto do adversário ao ponto em que o árbitro interrompeu o combate por um longo período para que os médicos avaliassem e limpassem o rosto de Carlos ainda no primeiro round. No segundo, o domínio de Quemuel persistiu e, após nova interrupção do árbitro, os médicos optaram por preservar a integridade do "Guarda" e decretaram o fim do duelo. Segunda vitória por nocaute em duas lutas na carreira de Quemuel, que vem se credenciando como uma boa promessa na categoria.

Jungle Fight 74

Ginásio do Ibirapuera, São Paulo

Sábado, 29 de novembro

Dirlei Mão de Pedra venceu Martin La Máquina por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27) - pelo cinturão meio pesado;

Júnior Alpha venceu Douglas Bertazini por nocaute técnico no 1º round - pelo cinturão peso médio;

Bruno Beirute venceu Rodrigo Romano por finalização (mata-leão) no 1º round;

Jhonatan Bombeiro venceu José Armoa por finalização (mata-leão) no 1º round;

Bruno Lopes venceu William Curaçá por finalização (katagatame) no 1º round;

Zeca Predador venceu Alexandre Turquinho por decisão dividida (29-28, 28-26, 29-25);

Quemuel Ottoni venceu Carlos Guarda por nocaute técnico (interrupção médica) no 2º round;

Vitor Super Boy vencey Júnior Suicida por decisão unânime (30-27, 29-28, 30-27);

Zé Reborn venceu Danilo Adrian por nocaute técnico no 3º round.

Leia mais ...

Com duas disputas de cinturão no card, Jungle Fight 74 apresenta cage girl da edição

Os fãs do Jungle Fight têm um motivo a mais para comemorar. A atriz e ex-BBB Aline Dahlen será uma das ring girls da próxima edição do evento, que acontece neste sábado (29), no ginásio Mauro Pinheiro, no Complexo do Ibirapuera, em São Paulo. A edição de número 74 do torneio terá duas disputas de cinturões e promete ser uma das melhores do ano.
 
Para divulgar a novidade, Aline participou de um ensaio sensual, na terça-feira (25), na academia de lutas XGym, no Rio de Janeiro. Além de muita simpatia, a ruiva, de 33 anos, esbanjou um físico de dar inveja. A gaúcha fará companhia a Geisa Vitorino e Vanessa Mesquita, vencedora do "Big Brother Brasil 14", e juntas serão responsáveis por entreter o público nos intervalos de cada round. 
 
Os ingressos para o Jungle Fight 74 podem ser adquiridos de forma gratuita na loja da Camisaria Colombo da Av. Paulista, 664, Bela Vista. Em compras acima de R$ 199,95, o cliente ganhar um par de ingressos para assistir ao evento. 
 
Dentro do cage, a atração principal da noite será o duelo entre o brasileiro Dirlei "Mão de Pedra" e o argentino Martin "La Maquina", valendo o cinturão dos meio-pesados (até 93kg). Já no co-evento o paulista Douglas Bertazini disputa o cinturão dos pesos-médios (até 84kg) contra o baiano Júnior Alpha. 
 
Além das disputas de cinturões, pelo menos outros três têm gerado grande expectativa. As revelações Bruno Beirute e Bruno Lopes entram em ação contra Rodrigo Gonzalez e Rene Soldado, respectivamente. Já Alexandre "Turquinho", pupilo do atleta do UFC Fábio Maldonado, estreia pelo torneio. Confira abaixo o card completo:
 
Jungle Fight 74
Ginásio do Ibirapuera, São Paulo
29 de novembro de 2014 
Card completo:
 
Martin "La Maquina" Ottaviano (Mario Sukata Academia Argentina) x Dirlei "Mão De Pedra "Broenstrup (Boxer MMA) - Cinturão 93kg
 
Douglas Bertazini (CT Miguel Repanas)  x Antonio "Júnior Alpha" dos Santos (Team Nordeste)  - Cinturão 84kg
 
Bruno "Beirute" Tavares (Bronxs Gold Team)  x  Rodrigo Gonzalez (Nigue Team/Chile) - 66 kg 
 
Jonathan Bombeiro (Vem Viver Team) x José Armoa (Paraguai) - 70kg
 
Rene Soldado (Power Lotus Team) x Bruno Lopes (011 Team) - 77kg
 
Alexandre "Turquinho " (Maldonado Sorocaba) x Zeca " Predador" Santos (Team Nordeste) - 84 kg 
 
Carlos "Guarda" Vicente (Chute Boxe Pirajú)  x Quemuel Otoni (Academia Komodo) - 84 kg  
 
Zozimar Junior "Suicida" (JB -Belem)  x Vitor "Super Boy" Oliveira  (Marcelo Nigue Team) - 77 kg   
 
Danilo Adrian (Colisão Jiu jitsu)   x   José Alexandre "Reborn" (Reborn Team)
Leia mais ...

Vanessa Mesquita, vencedora do BBB 14, será ring girl do Jungle Fight 74, em São Paulo

Pela terceira vez, a vencedora do BBB 14, Vanessa Mesquita, será ring girl do Jungle Fight. Após participar das edições de números 69 e 71, a modelo paulista retorna no Jungle 74, marcado para o próximo dia 29, no Complexo do Ibirapuera, em São Paulo.
 
Na última sexta-feira, a ex-BBB participou de um ensaio sensual com o traje que usará no dia do evento e deu uma prévia do que está por vir. As fotos foram realizadas na academia MG Personal Training III, em São Paulo, e produzidas pela fotógrafo Caio Duran.
 
Os ingressos para o Jungle Fight 74 são gratuitos e podem ser adquiridos de duas maneiras: através do site lacconcursos.com.br ou em uma das lojas credenciadas da Ortobom (endereços a seguir).
 
Lojas Ortobom SP com ingressos:
 
Rua João Cachoeira, 695/697 - Jardim Paulista (11 3078-7081)
Av. dos Tajuras, 289 - Cidade Jardim (11 2639-7703)
Rua Teodoro Sampaio, 1234/1238 - Pinheiros (11 3811-9323)
 
A próxima edição do Jungle Fight terá duas disputas de cinturões na mesma noite. Valendo o título dos meio-pesados, o brasileiro Dirlei "Mão de Pedra" encara o argentino Martin "La Maquina", na luta principal do card. Já no co-evento principal, o paulista Douglas Bertazini disputa o cinturão dos pesos médios contra o baiano Júnior Alpha.
 
Além das disputas de cinturões, as revelações Bruno Beirute e Bruno Lopes entram em ação contra Rodrigo Gonzalez e Caio Leão, respectivamente. Já Alexandre "Turquinho", pupilo do atleta do UFC Fábio Maldonado, estreia no maior evento de MMA da América Latina contra Zeca Predador. Confira abaixo o card completo:
 
Jungle Fight 74

Ginásio do Ibirapuera, São Paulo

29 de novembro de 2014 

Martin "La Maquina" Ottaviano x Dirlei "Mão De Pedra" Broenstrup (pelo cinturão meio pesado)

Douglas Bertazini x Antonio "Júnior Alpha" dos Santos (pelo cinturão peso médio)

Bruno "Beirute" Tavares x Rodrigo Gonzalez
 
Jonathan Bombeiro x José Armoa
 
Caio Leão x Bruno Lopes

Alexandre "Turquinho" x Zeca "Predador" Santos

Carlos "Guarda" Vicente x Quemuel Otoni

Zozimar Junior "Suicida" x Vitor "Super Boy" Oliveira 

Danilo Adrian x José Alexandre "Reborn"

Leia mais ...

Jungle Fight 74: Procura por ingressos é alta e evento promete muita emoção

A procura por ingressos para o Jungle Fight 74, que será realizado no dia 29 de novembro, em São Paulo, segue a todo vapor. A organização colocou à disposição dos fãs a carga de 3 mil entradas - equivalente a capacidade total do ginásio Mauro Pinheiro. Até o momento, mais da metade dos bilhetes já foram adquiridos e a expectativa é que a arena tenha a lotação máxima no dia do evento.
 
Os ingressos para o Jungle Fight 74 são gratuitos e podem ser adquiridos de duas maneiras: através do site lacconcursos.com.br ou em uma das lojas credenciadas da Ortobom (endereços a seguir).  

 Lojas Ortobom SP com ingressos:

Rua João Cachoeira, 695/697 - Jardim Paulista (11 3078-7081)
Av. dos Tajuras, 289 - Cidade Jardim (11 2639-7703)
Rua Teodoro Sampaio, 1234/1238 - Pinheiros (11 3811-9323)
 
A próxima edição do Jungle Fight promete ser uma das melhores do ano, com duas disputas de cinturões na mesma noite. Valendo o título dos meio-pesados (até 93kg), o brasileiro Dirlei "Mão de Pedra" encara o argentino Martin "La Maquina", na luta principal do card. Já na co-principal, o paulista Douglas Bertazini disputa o cinturão dos pesos-médios (até 84kg) contra o baiano Júnior Alpha. 
 
Além das disputas de cinturões, pelo menos outros três combates prometem agitar a noite. As revelações Bruno Beirute e Marcus Vinícius "Nuguete" entram em ação contra Julian Erosa e Bruno Lopes, respectivamente. Já Alexandre "Turquinho", pupilo do atleta do UFC Fábio Maldonado, estreia no evento contra Zeca Predador. Confira abaixo o card completo:
 
Jungle Fight 74
Ginásio do Ibirapuera, São Paulo
29 de novembro de 2014 
Card completo (sujeito a alterações):

Martin "La Maquina" Ottaviano (Mario Sukata Academia Argentina) x Dirlei "Mão De Pedra "Broenstrup (Boxer MMA) - Cinturão 93kg

Douglas Bertazini (CT Miguel Repanas)  x Antonio "Júnior Alpha" dos Santos (Team Nordeste)  - Cinturão 84kg

Bruno "Beirute" Tavares (Bronxs Gold Team)  x  Julian Erosa (Yakima USA) - 66 kg 

Marcus Vinicius "Nuguete" (Xgym)  x Bruno Lopes (O11 Team) - 77kg 

Alexandre "Turquinho " (Maldonado Sorocaba) x Zeca " Predador" Santos (Team Nordeste) - 84 kg 

Carlos "Guarda" Vicente (Chute Boxe Pirajú)  x Quemuel Otoni (Academia Komodo) - 84 kg 

Lamtyer "Mão de Pedra" Ribeiro (Madre Fight)  x Rodrigo Gonzalez (Marcelo Nigue Team / Chile ) 66 kg 

Zozimar Junior "Suicida" (JB -Belem)  x Vitor "Super Boy" Oliveira  (Marcelo Nigue Team) - 77 kg   

Danilo Adrian (Colisão Jiu jitsu)   x   José Alexandre "Reborn" (Reborn Team)

Leia mais ...

“La Maquina” e “Mão de Pedra” disputam cinturão dos meio-pesados no Jungle 74, em São Paulo

A próxima edição do Jungle Fight, marcada para 29 de novembro, em São Paulo, consagrará dois novos campeões da organização. Douglas Bertazini e Júnior Alpha se enfrentarão valendo o cinturão dos pesos-médios (até 84kg), enquanto Martin "La Maquina" e Dirlei "Mão de Pedra" disputarão o título dos meio-pesados (até 93kg). O primeiro combate havia sido anunciado, nos últimos dias, como o principal do card. No entanto, acabou dando lugar ao duelo entre La Maquina e Mão de Pedra. 

"Assim como os brasileiros, os lutadores estrangeiros têm feito bonito no Jungle Fight, e por isso essa oportunidade é mais que merecida. O La Maquina é um atleta muito duro, assim como o Dirlei, que é um cara experiente, rodado. Vai ser uma disputa incrível, uma verdadeira guerra. Tenho certeza que o cinturão ficará em excelentes mãos, independente do vencedor", afirma Wallid Ismail, presidente do Jungle Fight.

Outros seis combates estão confirmados no Jungle Fight 74. Confira abaixo o card completo do evento:

Jungle Fight 74

Ginásio do Ibirapuera, São Paulo

29 de novembro de 2014 

Martin "La Maquina" Ottaviano (Mario Sukata Academia Argentina) x Dirlei "Mão De Pedra "Broenstrup (Boxer MMA) - Cinturão 93kg

Douglas Bertazini (CT Miguel Repanas)  x Antonio "Júnior Alpha" dos Santos (Team Nordeste)  - Cinturão 84kg

Bruno "Beirute" Tavares (Bronxs Gold Team)  x  Julian Erosa (Yakima USA) - 66 kg 

Marcus Vinicius "Nuguete" (Xgym)  x Bruno Lopes (O11 Team) - 77kg 

Alexandre "Turquinho " (Maldonado Sorocaba) x Zeca " Predador" Santos (Team Nordeste) - 84 kg 

Carlos "Guarda" Vicente (Chute Boxe Pirajú)  x Quemuel Otoni (Academia Komodo) - 84 kg 

Lamtyer "Mão de Pedra" Ribeiro (Madre Fight)  x Rodrigo Gonzalez (Marcelo Nigue Team / Chile ) 66 kg 

Zozimar Junior "Suicida" (JB -Belem)  x Vitor "Super Boy" Oliveira  (Marcelo Nigue Team) - 77 kg     

Leia mais ...

Douglas Bertazini e Júnior Alpha disputam cinturão dos médios no Jungle Fight 74, em São Paulo

O duelo principal do Jungle Fight 74, marcado para o dia 29 de novembro, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, será entre o paulista Douglas Bertazini e o baiano Júnior Alpha. O combate colocará em jogo o cinturão dos pesos-médios da organização, vago desde a ida de Ildemar Marajó para o UFC. O restante do card ainda não foi anunciado. 
 
Douglas vem de uma sequência de quatro vitórias, e possui um cartel com nove triunfos e cinco derrotas. Além do retrospecto positivo, o estilo agressivo foi um dos pontos favoráveis para que o atleta da Miguel Repenas Team recebesse a oportunidade de disputar o título. 
 
"Já luto pelo Jungle há bastante tempo, todos sabem que eu vou para cima, vou para a porrada, independente do que possa acontecer. E é isso que o Wallid espera dos lutadores do Jungle. Agradeço essa oportunidade e vou fazer de tudo para sair com esse cinturão", afirma Douglas. 
 
Júnior, por sua vez, possui cinco vitórias na carreira e apenas uma derrota. O lutador treina na Nordeste JJ e MMA, do mestre Yuri Carlton, e é reconhecido pelas habilidades no boxe. Ele vem embalado por três vitórias seguidas, sendo duas por nocaute.
Leia mais ...

Jungle Fight 74 terá luta entre Bilharinho e Jacarezinho pelo cinturão dos galos em novembro no RJ

Após deixarem a luta principal do Jungle Fight 73 por lesão, Jonas Bilharinho e Fabiano Jacarezinho tiveram o duelo remarcado para o Jungle Fight 74, em 1º de novembro, no Rio de Janeiro. O combate será o principal do evento e colocará em disputa o cinturão dos pesos-galos da organização, atualmente sob posse de Bilharinho. O local exato do evento ainda não foi definido. 
 
"Estou muito ansioso por essa luta porque tenho certeza que vai ser demais. O Jonas já provou ser um jovem de muito talento e por isso é o campeão dos pesos galos. Mas ele nunca enfrentou um cara tão experiente e tão forte como Jacarezinho, são trinta lutas na carreira. Vai pegar fogo essa luta, vai ser uma grande guerra", afirmou o presidente do Jungle Fight, Wallid Ismail. 
 
Essa será a primeira defesa do cinturão de Jonas Bilharinho. O atleta do Team Nogueira conquistou o título após vencer Mário Israel, por decisão dividida, no Jungle Fight 67, em março. Com apenas 24 anos, Bilharinho possui um cartel invicto de cinco vitórias e um empate, e é apontado como uma das grandes revelações recentes do MMA brasileiro. 
 
Já Fabiano Jacarezinho é um dos lutadores mais experientes da organização, apesar dos 26 anos. Ao todo, disputou 30 lutas na carreira e alcançou a expressiva marca de 23 vitórias, seis derrotas e um empate. Atleta da X-Gym, Jacarezinho é parceiro de treinos do astro do UFC Ronaldo Jacaré e do campeão dos pesos pesados do Jungle, William Gigante. 
 
O Jungle Fight 74 marca o retorno dos grandes eventos da franquia ao Rio de Janeiro. A última vez que a cidade recebeu uma edição deste porte foi em outubro do ano passado, no ginásio do Clube Botafogo. Na ocasião, Tiago Trator - atualmente no UFC - finalizou Geraldo "Luan Santana" e ficou com o cinturão dos pesos leves.
Leia mais ...

Matheus Mattos comemora vitória no Jungle Fight 73 e agradece apoio de Rodrigo Minotauro

Uma das grandes promessas do Team Nogueira, Matheus Mattos vem tornando-se a cada dia uma realidade dentro do cenário do MMA nacional. Dono de um cartel invicto com oito vitórias e um empate, o jovem, de apenas 22 anos, conseguiu no último sábado mais um excelente resultado. Em sua segunda aparição no Jungle Fight, o lutador derrotou o peso-galo Allan Miguel por nocaute na edição 73, disputada no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.

Contente com a conquista de mais um expressivo resultado, o carioca esteve nesta segunda-feira no CT do Team Nogueira e aproveitou para comemorar a vitória ao lado dos companheiros de equipe. Tranquilo, Matheus falou sobre sua performance e elogiou bastante o oponente, que lhe ofereceu uma verdadeira batalha.
 
"Eu já esperava uma luta dura. O Allan Miguel é um atleta com muita disposição e que aguenta muita pancada. Estava muito bem preparado para esse combate e fui buscando o momento certo. Procurei não gastar muita energia, pois sabia que ele voltaria para me atacar. Mantive a frieza e esperei o melhor momento para encaixar o golpe certo e conseguir o nocaute", disse.
 
Lisonjeado com a presença de Minotauro em seu corner, Adamas (termo grego que dá origem a palavra diamante), como é conhecido por sua incrível resistência, disse que a presença de uma das maiores lendas do MMA mundial serviu como fonte de inspiração para obter o desempenho desejado. "Foi um privilégio tê-lo no meu córner. Ele me passou muita energia positiva e serviu como um grande incentivo para mim. O Minotauro está sempre acompanhando meus treinamentos e ter o apoio dele com toda certeza me motiva ainda mais. Foi uma honra poder entrar para lutar com o apoio de um grande ídolo".
 
A excelente atuação de Matheus Mattos no Jungle Fight 73 serve como importante fonte de motivação para o atleta continuar trabalhando forte. Com os pés no chão, já pensa em voos mais altos, mas garante que não tem a intenção de fazer uma eventual disputa de cinturão contra Jonas Bilharinho, atual campeão da categoria e amigo de longa data.

"Não parei para pensar nisso. Vou continuar trabalhando forte e buscando meu espaço. O Jonas, além de ser meu companheiro de treinos, é um amigo que fiz antes mesmo das artes marciais. É um grande irmão e não gostaria de enfrentá-lo. Estou à espera dele (Jonas) ir para o exterior ou eu seguir conquistando vitórias e ir evoluindo ainda dentro do evento. Estou pronto para novos desafios", concluiu.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Login or Register

Facebook user?

You can use your Facebook account to sign into our site.

fb iconLog in with Facebook

LOG IN

Register

User Registration