Portal do Vale Tudo

Belfort não resiste à juventude de Gastelum; Shogun e Edson Barboza nocauteiam

por: Leonardo Fabri
em 12 de março de 2017

Gastelum venceu na luta principal - Foto: UFC/Getty Images

Gastelum venceu na luta principal – Foto: UFC/Getty Images

Deu a lógica na luta principal do UFC Fortaleza, realizado na última noite. Mais jovem e no ápice da forma física, Kelvin Gastelum venceu Vitor Belfort por nocaute técnico ainda no primeiro round. Ainda no card principal, os destaques foram os brasileiros Maurício Shogun e Edson Barboza. Enquanto o meio-pesado voltou a nocautear após mais de três anos, o peso leve aplicou uma joelhada voadora que rendeu o momento mais bonito da noite.

Gastelum faz valer o favoritismo sobre Belfort

No início Vitor Belfort até tentou se soltar e explodir como nos velhos tempos, arriscou até dois chutes rodados, mas, sem sucesso, acabou sucumbindo diante da juventude e do poder de fogo de Kelvin Gastelum, que definiu o combate em dois atos. No primeiro knock down, Vitor mostrou muito coração ao se recuperar e voltar em pé. Entretanto, não conseguiu resistir ao segundo.

Invicto no peso médio, Kelvin Gastelum pediu para enfrentar Anderson Silva em junho, provavelmente no card do UFC no Rio. Já Vitor Belfort anunciou que fará sua última luta do contrato, e também pediu uma vaga no mesmo evento.

Shogun volta a nocautear e emplaca a terceira vitória seguida

Maurício Shogun voltou a nocautear depois de mais de três anos. O duelo contra Gian Villante foi marcado por muita emoção. Embora não tenha sido um combate rápido e técnico, parecia que a qualquer momento poderia ser decidido com um nocaute para qualquer lado. Com um volume de golpes maior e mais precisão, o brasileiro foi melhor nos dois primeiros rounds e chegou a levar o norte-americano a knock down em duas oportunidades. No terceiro assalto, com a vantagem a seu favor, Shogun percebeu que Villante estava vulnerável e partiu para cima para definir com combinação de socos que só parou com a interrupção do árbitro. Foi a terceira vitória seguida do ex-campeão.

Edson Barboza acerta linda joelhada e nocauteia Dairush

Beneil Dairush surpreendeu Edson Barboza com um jogo volumoso e preciso em pé, o que fez com que o brasileiro se preocupasse mais em sem movimentar do que atacar. Superior, o iraniano foi claramente superior no primeiro round e estava sendo também no segundo, até que Barboza saltou para conectar uma plástica joelhada no queixo de Dairush, que já caiu apagado. Foi a terceira vitória seguida do brasileiro.

Formiga é derrotado

Foi uma luta muito equilibrada, na qual Jussier Formiga tentou impor seu jogo desde o início, mas acabou caindo na armadilha de Ray Borg. Com um volume de jogo maior, o americano conseguiu se sobrepor ao brasileiro e saiu do UFC Fortaleza vitorioso depois de uma decisão unânime dos jurados.

Bethe Pitbull e Marion Reneau empatam

O duelo entre as meninas começou com a brasileira mais agressiva, com mais volumes de golpes, o que valeu a vantagem no primeiro round. No segundo a luta foi mais equilibrada, com ambas se chocando. No terceiro e último assalto, um verdadeiro passeio de Marion Reneau, o que valeu 10 a 8. Como dois jurados deram 10 a 9 para a brasileira nos dois primeiros rounds, o duelo terminou empatado por decisão majoritária.

 Cowboy laça, derruba e finaliza

A luta foi um festival de quedas por parte de Alex Cowboy, que levou Tim Means ao solo por diversas vezes desde o início de combate. Em determinado momento, o brasileiro aplicou três suplês em sequência. Com a vantagem no primeiro round, Cowboy manteve a estratégia no segundo, e quando surgiu a oportunidade, foi para as costas e encaixou o mata-leão para finalizar Means.

Clique aqui e veja como foram as lutas do card preliminar.

 UFC Fortaleza

Fortaleza, Ceará

Sábado, 11 de março de 2017

 Kelvin Gastelum venceu Vitor Belfort por nocaute técnico no R1;

Maurício Shogun venceu Gian Villante por nocaute técnico no R3;

Edson Barboza nocauteou Beneil Dariush no R2;

Ray Borg venceu Jussier Formiga por decisão unânime;

Bethe Correia e Marion Reneau empataram por decisão majoritária;

Alex Cowboy finalizou Tim Means com um mata-leão no R2;

Kevin Lee finalizou Francisco Massaranduba com um estrangulamento no R2;

Serginho Moraes venceu Davi Ramos por decisão unânime;

Joe Soto venceu Rani Yahya por decisão unânime;

Michel Trator finalizou Josh Burkman com um estrangulamento norte-sul no R1;

Jeremy Kennedy venceu Rony Jason por decisão unânime;

Paulo Borrachinha venceu Garreth McLellan por nocaute técnico no R1.