Portal do Vale Tudo

Atual campeão absoluto do Europeu, Lucas Hulk aposta em ‘treinos inteligentes’ para repetir façanha no Pan 2018

por: PVT | @portaldovt
em 9 de março de 2018

Lucas Hulk vive ótima fase – Foto: Divulgação/Fight Talk

Atual campeão absoluto do Europeu, Lucas “Hulk” Barbosa tem duas metas principais para o Jiu-Jitsu em 2018. O faixa-preta da Atos, primeiro, quer abocanhar o ouro no Pan da IBJJF neste fim de semana, em Irvine, na Califórnia. Depois, nos próximos dois meses, vai intensificar ainda mais seus treinos para vencer o maior torneio do Jiu-Jitsu, o Campeonato Mundial.

À espera do duelo entre Ashir Darmo (Gracie Barra) e Samir Abdolkader (Jacobs Jiu-Jitsu Team), que decide quem o enfrenta na próxima rodada de sua categoria no Pan 2018, Lucas fala do ótimo momento que está vivendo na carreira e rechaça pressão por ser favorito no Pan 2018.

“Estou vivendo ótimos momentos na minha carreira e estou muito feliz por isso, é sinal que o trabalho está dando ótimos resultados. Sobre ser favorito, isso não me deixa afobado. Eu sou mais tranquilo com essas coisas. A categoria não é fácil, e por mais que eu seja favorito, eu acredito que tenha atletas com muito potencial também na divisão. Eu fico feliz de ser apontando como um dos favoritos e isso me deixa mais confiante para eu chegar lá e dar o meu melhor”, conta Lucas, antes analisar a divisão meio-pesado, uma das mais complicadas do evento.

“A categoria está muito bem disputada, o nível está muito parelho e tudo pode acontecer. Porém, vão ter lutas boas e a divisão meio-pesado vai ser um show. Espero sair campeão. Podem esperar o meu melhor, com raça e determinação, vai ser porradaria.”

Lucas chega “mais maduro” para desenvolver seu estilo de jogo, depois de ser medalhista de prata em 2017, além de contar com toda experiência do seu professor, André Galvão, que é também líder da Atos San Diego.

“Acredito que desta vez, vai ser diferente. Estou mais maduro e mais treinado também. Vou dar o meu melhor para sair como campeão. A última semana de treinos foi mais relax, a galera fez bastante drill e uns treinos de ajustes. A galera treinou para tirar o último peso, todos estão bem. Os treinos foram inteligentes. Eu treinei como sempre e treinei com os caras que sempre treino como o Keenan, Galvão e toda a galera da Atos San Diego. Mudei também algumas coisas no meu  jogo, mas nada muito diferente não”, encerra Hulk.