Portal do Vale Tudo

Atleta que saiu da plateia e conquistou cinturão volta a lutar 1 ano depois

por: Leonardo Fabri | @Fabri89
em 14 de setembro de 2018

Felipe Alvim luta na próxima edição do JF Fight – Foto: Leonardo Fabri

Quase 1 ano depois de sair da plateia para conquistar o cinturão dos meio-médios do Juiz de Fora Fight, Luís Felipe Alvim está de volta, desta vez nos leves e com luta marcada com antecedência. O mineiro enfrenta o embalado Rodrigo “Zói” Novais na 19ª edição do mesmo evento, marcada para o dia 20 de outubro, na cidade que dá o nome ao show, em Minas Gerais. Segundo ele, 11 meses depois de virar notícia no mundo do MMA, pouca coisa mudou.

“Continuo dando aula, treinando e na correria de sempre. A diferença é que agora eu estou de casamento marcado (risos). Fora isso, a vida segue do mesmo jeito”, contou o lutador, que imaginava estar em outra situação. “Logo que passou a luta eu não recebi muitos convites. Confesso que achei que a procura seria maior, e isso foi um banho de água fria, foi complicado. Segui treinando, não no mesmo ritmo, mas segui. Pensei em desistir, em parar… mas não tem como desistir de algo que eu penso todo dia, sonho todo dia”.

Alvim também confirmou a notícia de que o embaixador do UFC Rodrigo Minotauro chegou a sondá-lo através de seu treinador, o lutador peso leve do UFC Felipe Silva, mas o fato de ter apenas uma luta no cartel impediu a possibilidade de se aproximar do maior evento de MMA do mundo.

“Realmente o Rodrigo Minotauro conversou com o Felipe Silva, mas a conversa não avançou. Ainda acredito que eu posso chegar lá. Realmente, hoje, não sei como eu vou chegar, mas eu sei que eu vou chegar”, garante.

Embora tenha conquistado o cinturão dos meio-médios, a luta do mês que vem será nos pesos leves, categoria na qual Alvim acredita que seja a sua.

“Pretendo ficar nos 70kg. 77kg foi um pouco de peso para mim, senti diferença de força no corpo a corpo, não vou mentir, me senti um pouco mais fraco. A tendência é eu continuar na 70kg, porque é mais ou menos o meu porte, as pessoas que têm meu peso em off lutam de 70kg”.

O JF Fight 19 terá como palco o Mariano Hall. A luta principal é o duelo pela unificação do cinturão dos pesos-galos, entre o campeão linear, Bruce Carvalho, e o campeão interino, Glyan Alves, que também é campeão do Shooto Brasil. Outro título que estará em jogo é o dos meio-pesados, entre o atual campeão, Cássio “Jacaré”, e o desafiante, Antônio “Malvado”. Nomes tarimbados como Eric “Parrudo”, Oton Jasse, o ex-TUF Brasil Márcio “Pedra” e Eder “Bambu” também entram em ação nesta edição.

Confira abaixo o card completo do evento:

JF Fight 19

Juiz de Fora-MG

Sábado, 20 de outubro de 2018

Peso-galo: Bruce Carvalho (BCT) x Glyan Alves (MFT) – Cinturão

Meio-pesado: Cassio Jacaré (Tankfight) x Antônio Malvado ( LG System) – Cinturão

Peso leve: Luiz Felipe Alvim (Pro Fight) x Rodrigo Zói (TFT)

Peso leve: Eric Parrudo (ChampionS/LG System) x Oton Jasse (TFT)

Meio-médio: Márcio Pedra (TFT) x Pedro Paulo Gonçalves (BCT)

Peso médio: Eder Bambu (ATS Team) x Jailton Malhadinho (LG System)

Peso leve: Alex Rodrigues (Pro Fight) x Robson Damazio (IJJ/Nova União)

Peso pesado: André Monstro (LG System) x Geovane Mariano (ATS Team)

Peso-mosca: Graciele Susu Monsores (ATS Team) x Mariana Antunes Martins (Jason Tem/ Borracha)