Portal do Vale Tudo

Após mais de seis anos no UFC, Erick Silva assina com o LFA e já tem estreia marcada

por: PVT | @portaldovt
em 13 de junho de 2018

Sem lutar desde dezembro do ano passado, Erick Silva está de compromisso marcado, e não é pelo UFC. Após mais de seis anos na maior organização de MMA do mundo, o brasileiro assinou contrato com o Legacy Fighting Alliance. Sua estreia no novo evento está marcada para o dia 20 de julho, na Califórnia, contra o americano Nick Barnes. A notícia foi publicada pelo próprio LFA nesta quarta-feira.

Erick Silva possui um cartel de 19 vitórias, nove derrotas e uma luta sem resultado. Sua passagem pelo UFC começou em 2011, no histórico primeiro UFC Rio, no qual nocauteou Luís Beição com um cruzado aos 40 segundos de luta. Depois, alternou boas e más sequências, chegou a ser considerado uma esperança de cinturão para o Brasil, mas 15 lutas depois (sete vitórias e oito derrotas) acabou não renovando o contrato com a organização.

No LFA, Erick, que completa 34 anos no próximo dia 21, chega para dar a volta por cima. Derrotado em quatro das últimas cinco lutas, ele vive a pior fase da carreira em termos de resultado. Sua última sequência de duas vitórias foi em 2015, quando passou por finalizou Mike Rhodes e Josh Koscheck. De lá para cá, derrotas para Neil Magny, Nordine Taleb, Yancy Medeiros e Jordan Mein, além de uma vitória sobre Luan Chagas, em 2016.

Adversário do brasileiro, o americano Nick Barnes venceu 12 das 15 lutas que disputou, sendo seis por finalização e três por nocaute. Das três derrotas, duas foram por finalização e uma por nocaute. Com passagem pelo Bellator, onde venceu a única luta que fez, ele está no LFA desde que o evento ainda era RFA – no ano passado o RFA e o Legacy se fundiram dando origem ao LFA.