Portal do Vale Tudo

Após desbancar Demetrious Johnson, Henry Cejudo pede super luta contra TJ Dillashaw: ‘Vou falar com o tio Dana’

por: PVT | @portaldovt
em 6 de agosto de 2018

Campeão olímpico mais novo da história dos Estados Unidos, Henry Cejudo voltou a fazer história no último final de semana ao desbancar aquele que era até então o campeão mais dominante do UFC na atualidade, Demetrious Johnson, e conquistar o cinturão dos moscas. Como o resultado veio na por decisão dividida e por Johnson já tê-lo nocauteado no passado, muitos apontam uma revanche imediata como o que mais faria sentido neste momento. Mas, em entrevista ao canal oficial do UFC logo após descer do octógono em Los Angeles, o novo campeão revelou um plano mais ambicioso.

“Sempre falaram sobre a super luta entre o TJ Dillashaw e o Demetrious Johnson, mas agora eu estou pedindo por essa luta. E eu não estou falando dele descer para a minha categoria, estou dizendo que eu quero subir e eu quero o aquele cinturão”, afirmou Cejudo, que justificou a ideia. “Eu derrotei o melhor peso por peso da história. Eles me negligenciaram, cara, até quando estavam promovendo a luta… tudo bem, sei que na América o que importa são os vencedores, eu entendo isso. Mas agora eu estou com o cinturão e essa é a regra: o cara com o cinturão faz as regras. Eu vou falar com o ‘tio’ Dana: vamos fazer uma super luta no peso-galo. Eu estou disposto a subir para o peso-galo, ou ele pode descer para o mosca, tudo bem. Mas eu realmente prefiro subir para os galos.”

Henry Cejudo revelou ainda que a sensação de ter sido campeão olímpico aos 21 anos de idade, em Pequim 2008, foi melhor do que conquistar o cinturão peso-mosca do UFC.

“As pessoas sempre me perguntaram e agora eu posso responder: ser campeão olímpico aos 21 anos. Isso (cinturão do UFC) é demais, mas eu nunca esperava conquistar a medalha tão rápido, aos 21 anos. Mas essa (ser campeão do UFC) com certeza é a cereja do bolo.”