Portal do Vale Tudo

Anderson analisa possíveis adversários para o UFC 212; revanche contra Nick Diaz agrada

por: Leonardo Fabri
em 12 de abril de 2017

A incógnita dos últimos dias no MMA gira em torno de Anderson Silva. Quem será seu adversário no UFC 212, no Rio? Segundo o próprio lutador, alguns nomes estão sendo cogitado. Durante a coletiva de imprensa realizada na terça-feira para a promoção do evento, o ex-campeão dos médios avaliou os que foram sugeridos e sua maior animação foi em relação a uma revanche contra Nick Diaz, com quem lutou em janeiro de 2015.

“Está sendo cogitado, pode acontecer. É um grande lutador. Seria uma luta interessante, e realmente faz sentido, já que a primeira foi no-contest. Mas vamos ver, ainda não tem nada definido”, disse Spider.

Já sobre a revanche contra Vitor Belfort, Anderson não se mostrou muito interessado, e justificou o motivo.

“Algumas pessoas podem interpretar o que eu vou dizer como arrogância, mas o Vitor vem de derrota, então não faz sentido uma luta entre a gente agora. Seria interessante apenas para o Vitor, mas não para mim”, explicou, relembrando o nocaute quer aplicou quando eles lutaram. “Só se eu desse um sopro e ele caísse para apagar o que aconteceu na última luta entre a gente. Realmente não faz nenhum sentido para mim”.

O cubano Yoel Romero não foi descartado por Anderson.

“É uma luta que seria interessante, até porque o Romero estava para disputar o cinturão. É um grande desafio. Vamos ver o que vai acontecer”.

Um nome que não agrada o lutador brasileiro é o do ex-campeão Luke Rochold. Anderson não descarta, mas deixa claro que não lhe interessa o duelo.

“Eu venho de vitória, então não faz sentido para mim enfrentar quem vem de derrota, não agrega em nada. Mas vou enfrentar quem o UFC colocar”.